Prefeitura de Eunápolis realiza reunião para tratar esgotamento que causou dano ambiental

Prefeitura de Eunápolis realiza reunião para tratar esgotamento que causou dano ambiental. Foto: Ascom

A Prefeitura de Eunápolis, por meio das secretarias de Infraestrutura e Meio Ambiente e Sustentabilidade, intermediou, na manhã de sexta-feira, 13 de agosto, um acordo com moradores da região central da cidade que utilizavam um esgotamento que causou dano ambiental durante 30 anos.

A reunião, que ocorreu no Sindicato dos Produtores Rurais, contou com a participação dos secretários Flamarion Matos e Luiz Carrilho, além do promotor João Alves, representando o Ministério Público Estadual.

Foto: Ascom

Cerca de 30 moradores e proprietários de imóveis de diversas ruas do centro de Eunápolis participaram da reunião. Eles utilizavam uma rede de esgoto que foi fechada pela Prefeitura, por determinação do Ministério Público, nesta semana, por poluir o canal pluvial da localidade da Tangerina durante cerca de 30 anos.

Uma das propostas da gestão e do MP foi para que os interessados criassem uma cooperativa para a implantação de uma mini estação de tratamento de esgoto na região central. Os moradores aprovaram a orientação.

Foto: Ascom

“A minha visão é de executar o plano para realizar essa estação para minimizar os problemas que já estamos tendo com o fechamento do esgoto, isso já foi um alívio para quem é morador, que já está sentindo os problemas, pois não estamos mais tendo vazão nas nossas casas. Saber que não vamos precisar abrir fossas, então é melhor ratear com a população do local, pagar uma mini estação. Isso eu falo porque já conversei com meus vizinhos, sabemos o que queremos, que não é um retrocesso”, disse a advogada Isalice Marinho, moradora da Rua Maria Quitéria e proprietária de três imóveis.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui