Prefeito de Vitória da Conquista corta 20% do próprio salário e de cargos de primeiro escalão

Prefeitura de Vitória da Conquista — Foto: Divulgação

O prefeito de Vitória da Conquista, cidade do sudoeste da Bahia, Herzem Gusmão, anunciou na sexta-feira (17) o corte de 20% no próprio salário e também no da vice-prefeita, Irma Lemos.

Conforme a prefeitura, a redução de salários também é válida para os cargos de primeiro escalão e a redução dos valores da gratificação dos cargos comissionados.

De acordo com a prefeitura, no mesmo decreto, o prefeito determinou a renegociação dos contratos de imóveis alugados pelo município cujo valor seja igual ou maior do que R$ 4 mil.

A meta é reduzir em 50% a partir de 1º de maio. Caso os locadores não concordem, o órgão pode rescindir unilateralmente os contratos.

Segundo a prefeitura, os contratos de prestação de serviços, contínuos ou não, também vão ser atingidos.

Os que não forem imprescindíveis serão suspensos; os que possuírem necessidade parcial passam por negociação, com redução dos valores de 25% do valor do contrato; já os imprescindíveis, serão mantidos.

Também na sexta-feira, o secretário de Saúde de Vitória da Conquista pediu a exoneração do cargo por causa de hipertensão. Alexandro Costa era secretario de saúde desde junho de 2019.

Fonte: G1 Bahia

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui