Porto Seguro

PORTO SEGURO

Fala-se à boca pequena que existe a possibilidade de uma união entre Ubaldino Junior e Jânio Natal para a disputa da prefeitura de Porto. Antigos inimigos figadais, os dois estariam se compondo para enfrentar o real perigo de uma candidatura da deputada Cláudia Oliveira. Por outro lado, há dias, o prefeito Abade deu entrevista na rádio de Robério, em Eunápolis, o que pode supor uma união de Abade e Robério para a eleição de Cláudia. São muitas as especulações, mas as nuvens da política começam a tomar forma.

Não há nada improvável nesse mundo, em se tratando de alianças e desalianças.

ANIVERSÁRIO

Muito frequentado pelos prefeitáveis de Teixeira de Freitas o aniversário do ex-deputado Getúlio Ubiratan. De Timóteo a Tabajara, todos estavam lá. Getúlio pode não estar com mandato, mas ainda carrega uma boa quantidade de votos e influência e é manda chuva do PDT.

Foi devidamente cortejado.

LÍNGUA SOLTA

Este escriba não esteve na festa (aliás, nem ficou sabendo), mas leu na coluna Língua Solta, no Jornal Tribuna Independente, bom jornal de Neuza Brizola, que houve um pré-candidato que agrediu verbalmente o aniversariante, chamando-o de pilantra.Nada de estranho, em se tratando de quem é. TEIXEIRA SEM FESTA

Passou em brancas nuvens, sem qualquer festa oficial, a não ser um desfile cívico meio mambembe, o aniversário de 27 anos de Teixeira de Freitas. A prefeitura não tresandou ou trescaldou e a data passou quase em branco. Esse escriba sempre foi crítico feroz do modelo micareta de festa, que sempre serviu para encher os bolsos de larápios e arrastadores, além de premiar o mau gosto de algumas bandas abaixo da crítica. Mas, daí a nem lembrar a data, vai uma distância abissal. Por qual motivo nem se cogitou uma programação cultural, como trazer um coral importante? Por que não promover, como se fazia antes, gincanas culturais em local mais restrito, contratando para tocar valores locais?

A prefeitura, abatinadamente comandada, nem se lembrou que a cidade merece ser festejada dignamente, nem que seja pelos sofrimentos que vem passando.

OS 19 DA CÂMARA

Muita gente malhou, muita gente apoiou a nota em que criticamos o aumento do número de vereadores para 19 na próxima legislatura em Teixeira de Freitas. A maioria dos comentários é contra esse aumento. Existe até uma alta figura do judiciário que indica 15 como número ideal. A Câmara é quem resolve e resolveu 19. Reafirmamos: pelo perfil das últimas câmaras, 11 está de bom tamanho.

É só projetar a relação custo/benefício.

AS OBRAS, AS OBRAS…

Este enlameado e mofado escriba aplaudiu e aplaude de pé as obras de infraestrutura que o governo do Estado destinou à Teixeira de Freitas. Afinal, não dá para entender uma cidade desse porte com apenas 20% de rede de esgoto. A verba e as obras vieram em boa obra. O que não veio em boa hora é a buraqueira em que a cidade está se transformando. Este pluvioso escriba foi informado por um trabalhador da empreiteira que faz as tais obras que, assim que as redes de esgoto fossem completadas, o asfalto seria imediatamente refeito. O rapaz afirmou: está no contrato. Quem fiscaliza o contrato? Não é a Embasa que está supervisionando as obras? O que se vê são ruas inteiras com o asfalto aos pedaços, o que torna o esforço do Governo do Estado mal visto pela população.

Aguardamos esclarecimentos da Embasa.

RUA JORNALISTA IVAN ROCHA

Essa rua existe em Teixeira de Freitas e fica no bairro Nova Teixeira.

Ainda bem que alguém mais se lembrou.

A MORTANDADE CONTINUA

Mais 3 tentativas de homicídio em Teixeira de Freitas nos últimos 2 dias. Na semana que passou não houve um dia em que não acontecesse um assassinato. O modus operandi é o mesmo: a vítima está andando pela rua, vem uma dupla em uma motocicleta. O condutor para o veículo, o carona desce e desfecha os tiros. Em seguida, sobe na moto e a dupla foge. Como a moto é veículo pequeno e fácil de esconder e os assassinos estão devidamente vestidos e de capacete, fica difícil esclarecer o crime. Essa é uma marca registrada de execução do tráfico de drogas e acontece prosaicamente na cidade. O que fazer? Como prevenir? De imediato, combater sem quartel o tráfico, inibindo com ações profissionais os meliantes da área. Sobretudo, prender os grandes fornecedores e distribuidores, pois sem essa ação, nada melhor vai acontecer.

Dizem que falar é fácil, difícil é fazer, mas não há outra solução.

DO FIM DO TÚNEL COM ALGUMA LUZ

“Hipócrita é o homem que matou os pais e pede clemência, alegando que é órfão.”(Lincoln)

“ A cidade dura não faz homens a sua altura.” (MIllôr Fernandes)

“Probleminhas terrenos:

Quem vive mais

Morre menos?” (Millôr Fernandes)

“No sono uniforme

O pesadelo

Também dorme.” (Millôr Fernandes)

“Não tenho medo da morte, pois sei que vou morrer. Tenho medo do amor falso, que mata sem Deus querer…” (Manuelzão, personagem de Guimarães Rosa)

“O lápis de Deus não tem apagador”. (provérbio haitiano)

“Alguns pessoas estão vivas apenas porque é ilegal matá-las.” (Anônimo)

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui