Porto Seguro: projeto da Nestlé plantará 1 milhão de árvores em reserva da Mata Atlântica

Parque Nacional Pau Brasil. Foto: Reprodução

A área de Mata Atlântica, em Porto Seguro, foi escolhida pela Nestlé como destino de uma ação da marca Mucilon que vai capitanear o plantio de 1 milhão de árvores no Brasil. A iniciativa é parte de uma ação global de sustentabilidade do grupo que vai totalizar o plantio total de 3 milhões de mudas na América Latina.

O plantio, que se iniciou no último mês de julho deve se estender até o final deste ano, estimou ontem Lucas Santos, coordenador da ONG Natureza Bela, que será responsável pela ação no Parque Nacional do Pau Brasil, em Porto Seguro.

O local, que se tornou área de conservação em 2007 sofreu com ações de desmatamentos e queimadas em alguns pontos, conta Lucas Santos. O plantio de espécies nativas da região será feito nesses locais, dentro do plano de manejo do parque.

“Atualmente estamos na fase final de preparação do solo. Nós esperamos que até o final de novembro essa etapa esteja finalizada”, projeta. Segundo ele, dez pessoas diretamente ligadas ao projeto, que vem desenvolvendo as atividades

A Mata Atlântica foi escolhida para receber as novas árvores por sua grande importância, riqueza e presença no território brasileiro. O objetivo é contribuir para ampliar a quantidade de área verde, abrangendo aproximadamente 1.200 hectares de mata reflorestada – o equivalente a 1.110 campos de futebol –, além de restaurar mais de 100 espécies arbóreas, incluindo algumas que estão em risco de extinção. A lista de espécies contempla mudas de pombeira, ipê roxo, jatobá, ingá, embaúba, caroba branca, araribá, boleira, sapucaia e palmito juçara, entre outras.

A iniciativa também promove o desenvolvimento local, com a geração de empregos na cadeia de  restauração, que vão desde a coleta e beneficiamento de sementes, passando pela produção de mudas e pelo plantio.

“Para melhorar a qualidade de vida das próximas gerações precisamos olhar hoje sobre como cuidamos do nosso planeta. Temos desenvolvido muitas ações nesse sentido e esse é um compromisso nosso no Brasil e no mundo”, diz o CEO da Nestlé Brasil, Marcelo Melchior.

O projeto é uma ação de Mucilon que traz um olhar mais amplo da marca para sua atuação sustentável, entendendo o reflorestamento do planeta como o caminho para  um mundo melhor e como essa iniciativa representa um legado para as próximas gerações.

“Nosso objetivo com essa ação é aliar a missão da marca, que é nutrir e cuidar das crianças, com um cuidado também com o mundo em que elas vão crescer. No Brasil, a proteção e a conservação de riquezas naturais, como é o caso do ecossistema da Mata Atlântica, são a base para esse cuidado”, afirma Ionah Kochen, head de Nutrição Infantil no Brasil.

Como parte da ação da marca, os consumidores serão convidados a dedicarem uma das 1 milhão de árvores plantadas a uma criança, e receberão um certificado com o número da árvore e nome da criança que recebeu a dedicatória.

Inovação em reciclagem

Para contribuir ainda mais para a sustentabilidade de suas ações no País, Mucilon tem 100% de sua linha com embalagens prontas para reciclagem e foi o primeiro cereal infantil da Nestlé a utilizar um monomaterial mais fácil de ser reciclado em sua linha de sachês, que ainda utiliza menos plástico em cada saco quando comparado à versão multicamada. Com a iniciativa, a Nestlé irá reduzir o equivalente a cerca de 300 toneladas de plástico por ano.

Os sachês antigos de produtos da marca eram multimateriais – ou seja, possuíam mais de um material em sua composição – e seu processo de reciclagem era complexo, o que dificultava a existência de cooperativas e cadeias especializadas no Brasil para esse tipo de coleta e aproveitamento em larga escala. Pensando nisso, foi desenvolvida a embalagem pronta para reciclar de Mucilon.

Fonte: Correio

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui