Porto Seguro: Preso um dos suspeitos de matar dois professores sindicalistas

Álvaro Henrique e Elisney Pereira foram mortos em setembro de 2009.

 

Foi preso na manhã deste sábado (27), em Porto Seguro, no extremo sul da Bahia, um dos suspeitos do assassinato dos professores sindicalistas Álvaro Henrique e Elisney Pereira. O crime ocorreu em setembro de 2009. O homem foi preso na casa do pai dele, no bairro Campinho, por volta das 6h da manhã. “Ele tinha a prisão preventiva decretada por causa das mortes desde 2010. Ele era um dos líderes do tráfico em Porto Seguro”, disse o delegado titular de Porto Seguro, Delmar Bittencourt.

O homem está preso na delegacia de Porto Seguro e será encaminhado para o presídio de Eunápolis. Com ele foram encontrados cerca de R$ 24 mil em dinheiro. Ele é suspeito de executar os sindicalistas Álvaro Henrique e Elisney Pereira, em setembro de 2009, numa emboscada em um sítio, na Roça do Povo. Na época do crime, o suspeito era funcionário público. O segundo suspeito de participar da execução está foragido.

As investigações da Polícia Civil apontaram o então secretário de governo, Edésio Lima Dantas, como mandante do crime. O processo cita ainda a participação de dois policiais militares. Eles chegaram a ser presos, mas aguardam julgamento em liberdade.

Caso

Álvaro Henrique e Elisney Pereira foi assassinado em uma emboscada na zona rural de Porto Seguro, em setembro de 2009. Eles eram sindicalistas e na época estavam em negociação salarial com o município. O ex-secretário de comunicação da prefeitura de Porto Seguro, na Bahia, Edésio Lima Dantas, é suspeito de ser o mandante da morte dos professores.

 

 

 

Fonte: G1

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui