Porto Seguro: Presidente da SBPC entrega cargo depois de ser chamada de pelega e pró-Temer

alt

A presidente da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), Helena Nader, decidiu entregar seu cargo ao conselho da entidade, após ser chamada de pelega em ato contra a fusão do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação com o das Comunicações. O ato fez parte da reunião anual da SBPC, que acontece em Porto Seguro. A decisão aconteceu depois que o professor de química teórica da UFPE, Antonio Carlos Pavão, pediu o microfone e criticou Helena. “Fora, Temer e seu bando! Aqui a unanimidade é ‘Fora, Temer’! Estou ouvindo coisas que eu não gostaria de ouvir da SBPC. A SBPC está em cima do muro. Negociou com golpistas, fez reunião com golpistas”, disse, em referência à reunião com o ministro Gilberto Kassab, Helena e representantes da comunidade acadêmica. Em seguida, alguém da plateia gritou “pelega” e Helena pegou o microfone, anunciou sua entrega de cargo e saiu do palco. “Fui colocada como pró-Temer quando nunca me posicionei nem pró-Dilma nem pró-Temer. Eu tenho a minha posição, mas a SBPC, não. Por isso que a SBPC, de forma sábia, não tomou posição. Não que ela não acredite na política e na política partidária, mas ela representa um todo. Não posso opinar em favor de um grupo ou de outro”, disse Helena à Folha.


Fonte: Folha de São Paulo

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui