Porto Seguro prepara faxinaços no combate ao Aedes aegypti

Porto Seguro prepara faxinaços no combate ao Aedes aegypti. Fotos Ascom

Com o objetivo de mobilizar e alertar a população para ampliar a responsabilidade participativa nas contínuas ações de combate ao criadouro do mosquito Aedes aegypti, que é responsável pela dengue, zika vírus, chikungunya, a Secretaria de Saúde de Porto Seguro, atrelada a Vigilância Epidemiológica, desenvolveu extenso cronograma direcionado a realização de faxinaços em diversos bairros. A programação faz parte do intenso calendário implementado ao longo de todo ano, mas é intensificado durante a pré-temporada do verão no mês de novembro e na alta temporada em dezembro e janeiro.

A superintendente da vigilância em saúde, Larissa Altoé, explica que é essencial a integração do poder público e sociedade na luta contra Aedes Aegypti. “Queremos atentar a grande importância dos faxinaços porque reúnem poder público e a comunidade. Esse trabalho faz parte de um dos eixos do plano de combate ao Aedes Aegypti, que é o eixo da mobilização social. Então a importância das ações está em junto com a comunidade no posicionamento responsável de cada cidadão de combater ao mosquito mantendo os quintais limpos, livres de materiais acumuladores de água”, pontua.

Comunidade Vila Jardim

As ações iniciais ocorreram dia 21/11 no bairro Vila Jardim. Os moradores receberam a visita de aproximadamente 80 profissionais, entre eles agentes de combate às endemias, agentes de limpeza e administradores que atuam junto à comunidade local. A abertura da ação preventiva buscou realizar atividades educativas por meio de palestra para os usuários da Unidade de Saúde da Família.

Verificação dos imóveis

Na sequência, durante o período da manhã, os agentes divididos em equipes distribuíram sacos plásticos aos moradores para acondicionamento do lixo proveniente das residências, no intuito de retirar todo tipo de material que acumule água parada. Os agentes de combate às endemias visitaram cerca de 2.711 imóveis verificando as condições dos quintais, esclarecendo a população os principais cuidados e procedimentos necessários para manutenção da limpeza e, consequentemente, a redução de criadouros do mosquito.

 

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui