Porto Seguro: Lúcio Pinto lança sua candidatura a prefeito

Por Lúcio Andrade/ O Sollo*

alt

A Convenção do PMDB da cidade de Porto Seguro, homologou a candidatura de Lúcio Pinto, para concorrer ao cargo de prefeito nas eleições de outubro. O evento foi realizado no dia 05 de agosto, no espaço Rondelli, ao lado do Shopping Porto Plaza.

Compondo a chapa de Lúcio, está seu candidato a vice-prefeito, o vereador Danilo Suprilar. Ambos tiveram a oportunidade de exporem suas ideias acerca do cenário político da cidade, e apresentarem suas propostas, conclamando os correligionários e simpatizantes a se unirem para “resgatar Porto Seguro”, fazendo alusão ao grupo que está no poder.

Também estiveram presentes o irmão de Lúcio e ex-prefeito Ubaldino Júnior, o deputado e ex-prefeito Jânio Natal (PTN), o vereador Bené de Trancoso (PMDB), o deputado Uldurico Júnior (PV) e o senador Álvaro Dias (PV). A coligação que apoia Lúcio é formada pelos partidos PMDB, PPL, PT do B, PTC e PSDC.

Lúcio discursou afirmando que a cidade de Porto Seguro pode ser um exemplo de administração pública, e cidade modelo. “Hoje, se escreve uma nova história de Porto Seguro. Na última eleição, comecei a sair às ruas com nossos candidatos, mas foi tarde. Fizemos nosso papel, acreditando que poderíamos contribuir para a transformação de Porto Seguro, mas eles trouxeram 3.000 pessoas de Eunápolis e essa foi a diferença na eleição. Continuei andando pela cidade, de aldeias indígenas a bairros e distritos, porque continuei acreditando que poderia fazer uma grande administração”, disse o peemedebista.

O candidato a vice, Danilo Suprilar, disse que existe “uma quadrilha instalada em Porto Seguro” e que será expulsa pelo seu grupo. “É preciso a união de forças para o nosso povo não sofrer mais, para quem precisa de posto de saúde, de escola. Aceitamos então o desafio e vamos ganhar a eleição. Temos o dever de resgatar a dignidade de Porto Seguro”, afirmou.

O deputado Jânio Natal disse que “Porto Seguro é uma cidade querida por todos os brasileiros e está triste porque a gestora optou por dar empregos para pessoas de Eunápolis em detrimento do seu povo”. “Os funcionários de Eunápolis pegam o dinheiro daqui e vão gastar no município vizinho. Os secretários de Porto Seguro são de Eunápolis, assim como os administradores dos distritos”, declarou Jânio, ressaltando: “hoje é um grande dia. O povo inicia uma nova história, que não é de Jânio, de Ubaldino, mas de Porto Seguro. É a vitória do coração”.

alt

Primo de Lúcio e Ubaldino, o deputado Uldurico Júnior declarou que passou parte da sua vida em Porto Seguro, cidade onde “aprendeu a gostar de política”. “Eu me lembro que com 10 anos eu saí com meu pai (o ex-deputado Uldurico Pinto) pelo Baianão. Participava de um programa da Funasa que financiava a construção de banheiros e um senhor nos disse que aquilo não era só um banheiro, mas também dignidade. O povo quer voltar a ter dignidade, porque levaram os empregos daqui. As festas são importantes, mas quando se fecham 18 postos de saúde não é festa, mas assassinato. A prefeita nunca desceu do palanque. Nós estávamos organizando um evento beneficente, com a presença de Romário (ex-jogador e senador da República), no Estádio Municipal, para arrecadar alimentos e o espaço foi negado. Ela esqueceu que é representante do povo humilde, pobre, que a elegeu”, disse o parlamentar, salientando que terão o apoio de vários políticos, inclusive “de outros palanques”, como o deputado federal Ronaldo Carletto (PP). “Tenho certeza de que seu gabinete estará aberto para nós. Estamos mais fortes do que nunca. Vão acusar Ubaldino, mas nunca conseguirão explicar que nunca teve um prefeito com a sua aprovação. Vão dizer que vão ganhar a eleição de Lúcio porque estão com a máquina, mas não vão explicar como tem mais de 3000 pessoas aqui sem darmos R$ 1,00 a ninguém. Estamos juntos para no dia 02/10 construir a mais bela vitória. Viva a terra mãe do Brasil”.

O senador Álvaro Dias disse que “aqui o coração bate mais forte. Vimos de longe e no calor de Porto Seguro sopram os ventos da mudança que exigem Lúcio Pinto prefeito desta cidade”. “Não é só uma convenção, mas uma convenção popular, onde moram a fé e a esperança do povo. A coligação que com competência Lúcio articulou para promover a transformação. O Brasil exige mudanças. Multidões de brasileiros encheram as praças públicas com indignação e a revolta exigindo mudanças no país, mas antes que essas mudanças cheguem ao Brasil, chegarão a Porto Seguro com a eleição de Lúcio”, afirmou o senador, complementando que “se o povo brasileiro arrancou aqueles que assaltaram o país, da mesma forma arrancará quem não honrou o voto do povo de Porto Seguro”.

*Com informações do Jornal do Sol

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui