Porto Seguro: Autonomia comunitária é incentivada em projeto de gestão

Envolver moradores de localidades distantes da sede do município, como os de aldeias indígenas, assentamentos e de povoados rurais, a fim de formar um tecido social em que os atores locais decidam e identifiquem as demandas comunitárias, é o objetivo o projeto Grupo Gestor de Desenvolvimento, iniciado pela Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Social.

Algumas comunidades já foram envolvidas, como a Aldeia Pé do Monte, e no dia 23/10, os moradores do Assentamento Milton Santos participaram de mais uma reunião junto à Coordenação de Proteção Básica.

A ideia é melhorar a comunicação entre essas comunidades integrantes de cada área do território e abrangência dos CRAS (Centro de Referencia da Assistência Social), por meio de capacitação sobre a política pública de assistência social, sua compreensão e sua aplicação na garantia de direitos.

O 1º Encontro Intergestor Comunitário, no dia 2 de novembro, envolverá as comunidades do Milton Santos e da Aldeira Pé do Monte em uma oportunidade para avaliar o projeto, trocas de experiências e discussões sobre a garantia de que os serviços cheguem nos locais mais distantes a partir da formação de lideranças locais capacitadas para ouvir os moradores e mediar o acesso aos programas junto ao Executivo.

O objetivo da prefeita Cláudia Oliveira é aproximar essas comunidades das ações do Executivo ao mesmo tempo em que se sintam valorizados e atuantes no município.

 

 

Fonte: Ascom da prefeitura

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui