Porto Seguro: Acusado de homicídio é condenado a 14 anos de prisão

Fabrício Pereira Vieira, vulgo Gazé, foi condenado a 14 anos de prisão pelo crime de homicídio, em júri popular realizado na última sexta-feira, 11 de abril, no Fórum de Porto Seguro. Ele foi considerado culpado pelo assassinato de Gildásio Oliveira de Jesus, morto com dois tiros no dia 9 de agosto de 2011, no bairro Agrovila.

No dia do crime, Gazé teria surpreendido a vítima na porta de sua residência e disparado dois tiros de revólver calibre 38. Gildásio chegou a ser socorrido, mas morreu dois dias depois.

Gazé foi preso quando tentava fugir para Eunápolis em um mototáxi. Os policiais fizeram um cerco e conseguiram capturá-lo, no dia 12 de agosto, na altura do Km 70 da BR 367.

Inicialmente, Gazé irá cumprir a pena em regime fechado no Presídio de Eunápolis. O julgamento foi presidido pelo juiz André Strogenski, tendo atuado na acusação o promotor Bruno Gontijo e na defesa do réu, o advogado José Renato.

 

 

 

 

Fonte: Obaianão

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui