Policial Militar da 43ª CIPM é homenageado por cidadão itamarajuense

Policial Militar da 43ª CIPM é homenageado por cidadão itamarajuense. Foto: Ascom

Há dois anos, uma guarnição de serviço da 43ª Companhia Independente de Polícia Militar de Itamaraju realizava ronda pelo bairro Primavera, na mesma cidade, quando se deparou com um número de jovens obstruindo a passagem de uma rua. Tratava-se de um ensaio de uma banda marcial para o desfile de 7 de setembro e que tinha à frente o maestro Davi Alves Martins, conhecido como “Professor Davi”, que há mais de 40 anos realiza um trabalho social em Itamaraju, dando aula de música para crianças e jovens.

Foto: Ascom

Como não estava em diligência, a guarnição não pediu passagem. O motorista estacionou a viatura nas proximidades, desembarcou e se dirigiu até os jovens. De forma espontânea, o policial militar começou a caminhar no meio dos alunos, que silenciaram os seus instrumentos, sem entender a presença do policial militar no meio de um ensaio.

Então, o policial militar passou a conversar com os jovens, parabenizando-os por estarem ali, enquanto outros optam por caminhos tortuosos. Contou-lhes um pouco da sua história e da importância da educação como agente transformador da sua vida. Ao longo da conversa, o mestre acompanhava em silêncio o brilho no olhar das crianças para o policial militar e a força das suas palavras motivadoras.

Foto: Ascom

Em seguida, o policial militar agradeceu a atenção de todos, embarcou na viatura e retomou a sua atividade ronda pelo bairro. Certamente o policial militar nesse tempo que se passou já teve outras conversas assim com outros jovens, mas essa em especial marcou em muito para aqueles e o mestre, acostumado a lidar com as mazelas que atingem a juventude e que aprendeu a importância de momentos assim na motivação de jovens para a vida, de modo que nunca esqueceu da atitude louvável do policial militar.

O policial militar em questão trata-se o Soldado Dicley Alves Bonin e, que hoje depois de todo esse tempo, reencontrou-se com o “Professor Davi”, este voluntariamente dirigiu-se até o Quartel da 43ª CIPM, relembrou o acontecido e prestou-lhe uma bela homenagem, com a entrega, em nome daqueles alunos, de um certificado de reconhecimento, perante os demais colegas de unidade.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui