Polícia Civil em Eunápolis indicia autor de três homicídios

Jônatas Ferreira Santos, o “Joni Visão”, 30 anos. Foto Ascom Polícia Civil

Na tarde desta segunda-feira, 23 de abril, a Polícia Civil de Eunápolis cumpriu mandado de prisão preventiva expedido em desfavor de Jônatas Ferreira Santos, o “Joni Visão”, 30 anos, apontado como autor de três homicídios registrados este ano em Eunápolis.

As investigações encetadas pela Delegacia Territorial de Eunápolis culminaram com o indiciamento de Jônata como autor dos seguintes crimes:

Homicídio de Rafael Xaves Pinheiro, 17 anos, ocorrido em 31/01/2018, ocasião em que a vítima foi amarrada, torturado e morta no bairro Alto da Boa Vista, às margens do rio do Peixe.

Homicídio de Siderlan Nascimento dos Santos, 26 anos, ocorrido em 26/02/2018. A vítima foi morta a tiros em frente a sua residência no bairro Arnaldão.

Homicídio de Edmar Pereira do Nascimento, ocorrido em 18/03/2018 no bairro Alecrim II. A vítima morreu após ser alvejada por cerca de dez tiros quando se encontrava dentro de seu automóvel, um FIAT/ Punto.

Os crimes têm como pano de fundo o tráfico de drogas e a busca do domínio do território; e o mandado de prisão foi expedido pelo juiz de Direito dr. Otaviano de Souza Sobrinho, titular da Vara do Júri e Execuções Penais da Comarca de Eunápolis.

Jônatas já se encontrava preso em razão de flagrante por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito, na cidade de Belmonte, em ação da Polícia Militar.

 

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui