Polícia Civil conclui inquérito sobre homicídio ocorrido no Castelinho

Polícia Civil conclui inquérito sobre homicídio ocorrido no Castelinho. Foto: Ascom

A Polícia Civil de Teixeira de Freitas concluiu as investigações do homicídio de Mateus Jesus da Silva, 22 anos, ocorrido em 24 de junho de 2020, no bairro Castelinho, em Teixeira de Freitas.

Durante as investigações, ficou demonstrado que os executores pertencem ao grupo de traficantes que atua naquele bairro, cuja liderança é exercida por David dos Santos Ferreira, o “Davi das Casinhas”, mandante do crime.

A Polícia Civil identificou os dois executores do homicídio e solicitou a prisão preventiva deles, assim como a de David. Após a morte de Mateus, os executores foram presos no estado do Espírito Santo por outros crimes lá praticados e, agora, tiveram mais essa prisão preventiva cumprida referente ao homicídio ocorrido aqui em Teixeira de Freitas.

“Davi das Casinhas” é suspeito de outros homicídios em Teixeira de Freitas, ocorridos nos últimos meses e se encontra foragido. Tanto a Polícia Civil quanto a Polícia Militar efetuaram diligências na tentativa de prendê-lo. Em uma delas, numa residência do bairro Residencial Castelinho, a RONDESP-SUL apreendeu, em 06 de janeiro deste ano, o automóvel HB20 de cor prata, roubado no estado do Espírito Santo e utilizado em dois homicídios aqui na cidade, ocorridos dias antes da apreensão, sendo as vítimas: Ícaro Santos Moura, o “Pacaio”, de 20 anos, morto em 24 de dezembro; e Carlos Robert Guimarães Lima, de 19, morto em 5 de janeiro de 2021.

A Polícia Civil pede a população de Teixeira de Freitas e região que denunciem o paradeiro de David dos Santos Ferreira através dos telefones 197 e 190. Não é necessário se identificar e o sigilo será preservado.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui