Polícia Civil apreende arma com adolescente que ameaçava fazer massacre em faculdade de Eunápolis

Foto: Divulgação/Polícia Civil

A arma de fogo que um adolescente ameaçava usar em um suposto ataque a uma universidade particular em Eunápolis foi apreendida na casa dele, na manhã desta sexta-feira (22), na cidade de Santa Cruz Cabrália.

Segundo a Polícia Civil, o jovem de 17 anos, que é aluno do primeiro semestre da faculdade de direito Unesulbahia, usaria um revólver calibre 38 no massacre. “Ele fazia postagens nas redes sociais em tom ameaçador a colegas”, diz o delegado Moisés Damasceno.

Em uma das postagens, diz a polícia, o adolescente chegou a dizer: “Quem mata é Deus, eu só atiro”. Em outro momento, ele declara: “Já falei, só não ficar perto de quem vai ser alvejado kkkk”.

Busca e apreensão foi realizada na casa do estudante, em Santa Cruz Cabrália, com autorização da justiça

Na página do estudante no Facebook observam-se pouquíssimas postagens, com destaque para seu perfil com a bandeira do Brasil tremulada ao fundo e a mensagem “os fins justificam os meios”, logo abaixo de seu nome.

Já na quinta-feira (21), em seu storie, havia  uma imagem, tendo ao fundo peças de roupas escuras e uma luneta. Nesta postagem, ele declara: “Preparatório. Amanhã será um grande dia”.

De acordo com o delegado, a busca na casa do estudante foi autorizada na noite de quinta-feira, pela Juíza Michelle Menezes Quadros, da 2ª Vara Crime da Comarca de Porto Seguro.

Postagem que um jovem fez na quinta-feira com tom ameaçador

O adolescente mora em Santa Cruz Cabrália, em uma casa de alto padrão, toma remédio controlado para depressão e é filho de uma professora e de um delegado de polícia aposentado do estado Amazonas (já falecido). Ele alega que tudo não se passava de uma brincadeira.

Computadores e celulares de uso do jovem passarão por análise e perícia técnica.

A Polícia Civil alerta que já estão circulando na cidade e região vários tipos de ameaças do tipo e orienta que evitem “brincadeiras” da espécie, pois ações policiais serão adotadas em face daqueles que assim procederem.

As investigações ficarão a cargo da Delegacia Territorial de Santa Cruz Cabrália.

Fonte: Radar64

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui