Polícia aponta que alvo principal de chacina sofria ameaças de morte

A Polícia ainda apurou que foram quatro indivíduos na ação. Foto Ilustrativa

Após chacina que matou três homens dentro de casa em Eunápolis, a polícia trabalha com a linha de investigação que Igor Santos Paixão, de 23 anos, era o alvo principal dos criminosos. A vítima dormia, quando sofreu mais de 14 disparos de arma de fogo, na madrugada de domingo (22).

Segundo informações de pessoas próximas, Igor recebia ameaças de morte e tinha ainda envolvimento com tráfico de drogas. Ele havia sido detido na semana passada com um revólver.

Israel Santos Paixão (tio), 30 anos, e José Carlos dos Santos Conceição (cunhado), de 36, também foram mortos. O irmão de Igor, de 15 anos, conseguiu escapar, sofrendo um disparo. Outras nove pessoas estavam no local.

A Polícia ainda apurou que foram quatro indivíduos na ação. Após a abertura do inquérito, ninguém foi ainda detido.

Com informações: Radar 64

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui