PESSOAS SÃO COMO ESTRADAS


Algumas nos levam para perto…
Outras para longe…
Algumas nos salvam…
Outras nos destroem…
Tem aquelas que adoramos sentir em cada curva…
E as outras que fugimos em retas aparentemente
sem começo ou fim…
Estradas onde pegamos carona com ideias…
Estradas onde conhecemos a solidão…
Caminhos por onde teremos todas as chances de erros…
E até acertos…
Estradas da vida e da morte…
Do amor e do ódio…
Das tragédias onde as lágrimas nos perseguirão até
onde conseguirmos chegar…
E sorriso que haveremos de lembrar quando na
varanda ou na sala de estar…
As estradas limpas e sujas…
Com perigos disfarçados de boas ações…
Anjos e demônios a espreita…
Para atacar-nos e defender-nos…
Somos estradas…
E em nós muitos caminham…
Formando um só organismo que compõe
a vida de uma estrada maior, nosso lar…
Terra…”

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui