Pedestres se arriscam na rua Presidente Kennedy em Eunápolis

Alguns pontos de grande movimentação da via oferecem riscos de atropelamento por conta da falta de espaço e acostamento.

Pais de alunos reclamam do risco de transitar entre os carros na rua Presidente KennedyA Rua Presidente Kennedy em Eunápolis é uma das vias que ligam o Centro da cidade a bairros como Vivendas Costa Azul, Jardins, Urbis I e II. Apesar da importância e do alto fluxo de pedestres e veículos, principalmente nos horários comerciais, em alguns pontos próximos a clínicas, escolas e academias, a via está sem acostamento e, o mais perigoso, sem calçadas. Os pedestres precisam se arriscar entre carros e motos que passam pelo local e os veículos estacionados na pista.

A dona de casa, Gabriela Ferreira de Jesus, 33 anos, passa sempre pela rua para levar e buscar a sua filha de 8 anos na escola. Ela conta que os veículos trafegam em alta velocidade, e por conta dos carros que ficam estacionados à beira da pista, ela não tem alternativa de trajeto, mesmo correndo risco de acidente. “Tem que andar com muito cuidado. Tem motoristas que respeitam, mas a grande maioria não se importa e passa raspando. Aqui é a rua que leva até a escola da minha filha e tem muita criança que passa com os pais por aqui”, disse.

Ciclistas também enfrentam dificuldades para transitar na rua Presidente Kennedy por conta da falta de espaço entre os veículos.

Já a dona de casa, Maria Aparecida Cosme de Souza, 43 anos, utiliza uma bicicleta para ter acesso ao Centro da cidade pela rua Presidente Kennedy, mas se diz insegura todos os dias com medo de sofrer um acidente. “Passa muita gente e até ambulância correndo”, lamentou ela, que já levou inúmeras “quase raspadas” no cotovelo e na bicicleta. “Tem vezes que a gente vê ônibus ou caminhão se aproximando, tem que descer ligeiro da bicicleta e correr para o canto para não ser atropelada, porque não tem espaço para todo mundo”, ressaltou.

Apesar da importância e do alto fluxo de pedestres e veículos, em alguns pontos próximos a clínicas, escolas e academias, a via está sem acostamento e, o mais perigoso, sem calçadas.

Os problemas da rua Presidente Kennedy também são apontados por pessoas que trabalham via. Segundo o personal trainer e proprietário de um studio de atividades físicas no local, Flávio Menezes, o fato de não ter calçadas, fiscalização e nem redutores de velocidade, deixam pedestres e condutores mais vulneráveis a acidentes. “Já vi carros se chocarem com motos estacionadas à beira da pista, inclusive um motociclista foi derrubado outro dia por conta disso”, destacou Flávio.

Segundo o superintendente de Trânsito de Eunápolis, Willy Hafner, já existe um estudo técnico em andamento para várias intervenções no Centro da cidade com o objetivo de melhorar a acessibilidade do pedestre, “e a rua Presidente Kennedy terá esse formato de estacionamento em um só lado, outras vias da cidade também serão modificadas” disse. Ainda de acordo com o superintendente de Trânsito, o município já providenciou a licitação e aguarda a ordem de serviço para revitalização e pintura das faixas de pedestres, entre outros serviços. “O prefeito quer que seja o mais rápido possível e acredito que agora em dezembro já tenhamos algumas ações em andamento”. Ele afirma que há necessidade de pintura de faixas, semáforos, pontos de ônibus, taxis e da zona azul. “Isso vai dar uma repaginada geral no Centro da cidade”, finalizou.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui