Peça Escola Pra Machos estréia em Porto Seguro

Foto: divulgação
“Olhe no fundo dos olhos de um animal e, por um momento, troque de lugar com ele.

A vida dele se tornará tão preciosa quanto a sua e você se tornará tão vulnerável quanto ele.

Agora sorria, se você acredita que todos os animais merecem nosso respeito e nossa proteção,

pois em determinado ponto eles são nós e nós somos eles.”

Philip Ochoa

Importância do Riso

Se o riso é uma linguagem universal, o humor, por sua vez, é praticamente um fenômeno isolado. Peter Burke, professor de História da Cultura na Universidade de Cambridge, no Reino Unido, afirma que as piadas se perdem na tradução, não apenas de um idioma para outro, mas também entre diferentes períodos e culturas. Daí a existência de um lugar para a história do riso.

O riso inicia uma cadeia de reações fisiológicas. Primeiro, ele ativa o sistema cardiovascular, então a freqüência cardíaca e a pressão arterial aumentam. As artérias se dilatam, levando, portanto, a uma queda da pressão. Contrações fortes e repetidas dos músculos da parede torácica, abdôme e diafragma aumentam o fluxo sanguíneo nos órgãos. A respiração forçada eleva o fluxo de oxigênio no sangue. A tensão muscular diminui e nós podemos temporariamente perder controle dos nossos membros, como na expressão “ficar fraco de tanto rir”.

Já pessoas que sofrem de raiva crônica têm alta incidência de pressão sanguínea elevada, níveis mais altos de colesterol e de probabilidade de ataque cardíaco.

Enquanto a raiva, a depressão e frustração perturbam a função de muitos sistemas fisiológicos, incluindo o sistema imune, o riso ajuda estes sistemas a funcionarem melhor. Por exemplo, o riso ajuda o sistema a aumentar o número de células que auxiliam contra a infecção, as células T, no sangue. O riso também pode promover mudanças hormonais benéficas. Cientistas especulam que o riso libera transmissores neuroquímicos chamados endorfinas, os quais reduzem a sensibilidade à dor e promovem sensações prazeres e de bem estar.

Fonte: Brain & Mind Camila Artoni

Sobre o espetáculo

Escolas pra machos é uma comédia de comportamento. Homem simples,Leopoldo (Vini Cardoso) resolve reunir todas as suas possibilidades, as mais absurdas possíveis,para de uma maneira autodidata ,aprender como se comportar com as mulheres e “ensinar” esta ciência improvável à platéia. A comédia Escola pra machos é uma hilariante narrativa solo na qual a personagem central busca estabelecer uma metodologia comportamental definitiva, para o homem relacionar-se com a mulher,proporcionando a ambos , uma relação mais satisfatória.

Através de personagens múltiplos, femininos e masculinos,a razão e emoção de ambos os sexos presentes nas atitudes de nosso cotidiano, são expostas ao ridículo quando trazidas pela encenação. Ambientado em um Pet Shop, os personagens são conduzidos por Leopoldo, revelam seus inusitados romantismos, queixas, necessidades e expectativas nos relacionamentos. Estabelece-se um estudo,nas atitudes encenadas, entre situações machistas e sobre até onde iria a já notória sensibilidade feminina.

Alberto Damit, diretor baiano especialista em comédia contemporânea, nesta montagem cria com maestria um universo “nonsense”, animalizando o homem e humanizando os animais. Os elementos surreais orquestrados pelo diretor elucidam mais do que ações naturalistas do nosso cotidiano. É a arte destilada, a serviço da força do riso..

O personagem central trabalha numa loja de animais de estimação. Sua dificuldade em se relacionar com as mulheres acaba criando uma relação singular com os animais. O resultado é uma divertida comédia que traduz ações irracionais em risos.

Centro de Cultura de Porto Seguro

14,15 e 16 de Janeiro

(Sexta,Sábado e Domingo), às 20:00h.

Ingressos a R$ 10,00(antecipados e estudantes) e Inteira a R$20.

Já a venda na Casa de Cultura de Porto Seguro e Hotel Maracaia (Coroa Vermelha).

Indicação etária : a partir de 12 anos

Capacidade do teatro: 300 lugares.

Informações: 21-9827-1859 e 21-8038-6070.

Fale com a produção

[email protected]

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui