Passa de mil o número de mortes por covid-19 no Brasil; veja dados de hoje

Passa de mil o número de mortes por covid-19 no Brasil. Foto: Divulgação

Segundo o Ministério da Saúdem, no domingo, 12 de abril, foram 1.442 novas confirmações de casos em 24 horas. Com isso, subiu para 22.169 o número de casos confirmados de coronavírus no Brasil.

O número de óbitos também aumentou, agora são 1.223, representando uma taxa de letalidade da doença no Brasil de 5,5%. Os números estão consolidados com as informações que foram repassadas pelas Secretarias Estaduais de Saúde ao Ministério da Saúde até às 14h deste domingo (12).

A maior parte dos casos no país está localizada no estado de São Paulo, com 8.755 casos confirmados e 588 mortes, seguido do Rio de Janeiro, com 2.855 casos e 170 óbitos.

Apenas o estado de Tocantins não tem, até o momento, nenhum óbito pela doença, mas também registra casos confirmados, assim como os demais estados brasileiros.

A taxa de incidência da doença no Brasil, que considera a quantidade de casos registrados para cada um milhão de habitantes, é de 105. Ao todo, seis unidades da federação estão acima desta média: Amazonas (287), Amapá (267), Distrito Federal (201), São Paulo (189), Ceará (182) e Rio de Janeiro (164).

Já em relação ao coeficiente de mortalidade, que registra o número de óbitos no país para cada um milhão de habitantes, atinge o patamar de 6. Com base nesta taxa, quatro estados possuem coeficientes de mortalidade que ultrapassam a taxa nacional: Amazonas (15), São Paulo (13), Rio de Janeiro (10) e Pernambuco (9).

Manaus em estado crítico

A cidade de Manaus vai receber os primeiros profissionais de saúde cadastrados no Programa Brasil Conta Comigo, lançado no início de abril, com o objetivo de auxiliar estados e municípios nas ações de enfrentamento ao novo coronavírus (covid-19). A capital do Amazonas vive atualmente um quadro de muitas pessoas precisando de hospitalização e com a capacidade de atendimento hospitalar próximo ao limite. A medida será tomada a partir desta segunda-feira (13), segundo o Ministério da Saúde.

“Vai ser o primeiro estado que vamos fazer convocação dos voluntários que se cadastraram. Em Manaus temos mais de um mil enfermeiros, cadastrados no Conselho Federal de Enfermagem, além de 80 médicos cadastrados no Conselho Federal de Medicina. Esses profissionais de saúde estão dispostos a serem contratados pelo Ministério da Saúde para ampliar o atendimento à população de Manaus”, disse o secretário-executivo do ministério, Jõao Gabbardo.

Os profissionais também contarão com o apoio da Tele-UTi para auxiliar no atendimento dos casos. A estratégia do Ministério da Saúde permite que os médicos possam discutir o atendimento com outros médicos por meio de consulta virtual, para discussão da conduta clínica e de caso de cada paciente internado nos leitos de UTI, em atendimento específico ao COVID-19.

Dados desta segunda-feira (13)

As secretarias estaduais de Saúde divulgaram, até as 8h30 desta segunda-feira (13), 22.318 casos confirmados do novo coronavírus (Sars-Cov-2) no Brasil, com 1.241 mortes pela Covid-19.

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui