Páscoa: produção e venda de chocolates artesanais geram boas expectativas em Teixeira

Produções e vendas de chocolates artesanais em Teixeira de Freitas. Fotos: João Alcides/ OSollo

Uma das épocas mais aguardadas no ano pela garotada, a Páscoa também é  bem querida pelos comerciantes do setor de chocolates.

OSollo conversou com dona Iva Batista, uma cozinheira de mãos cheias que vende muitas delícias de chocolates, com destaque para suas trufas – de longe, as melhores da cidade.

Neste período, dona Iva, que tem seu ateliê no bairro Monte Castelo, dedica-se à produção de ovos de Páscoa artesanais. Com tamanhos, preços e sabores variados, os ovos artesanais têm conquistado cada vez mais o paladar dos teixeirenses, sobretudo os que apreciam a originalidade do sabor e a possibilidade de escolhas ímpares, uma vez que o ovo pode ser encomendando ao gosto do cliente.

Dona Iva Batista. Foto: OSollo

Dona Iva Batista trabalha com a produção dos chocolates artesanais há doze anos. Ela conversou com nossa equipe sobre a Páscoa de 2020, o início da pandemia do novo coronavírus, e as perspectivas para esse ano: “Apesar da pandemia, o ano passado foi bom. Agora, eu espero que esse ano seja muito melhor”, disse, esperançosa.

Ela também relata sobre a sua freguesia assídua na compra dos chocolates: “Tenho os meus fregueses, eles vêm, religiosamente, comprar na minha mão (…), o meu produto é artesanal, e eles procuram porque nós trabalhamos com o próprio cacau, então, é tudo feito artesanalmente o nosso chocolate, 100% cacau”, conta apenas um dos seus diferenciais.

Ovo de Páscoa artesanal feito pela Fernanda Soares. Foto: Instagram

também conversamos com Fernanda Soares, produtora e confeiteira de doces artesanais. Nanda Soares, como é conhecida, destaca que a pandemia, em 2020, não atrapalhou o seu comércio: “Achamos que não iríamos vender, mas mesmo assim nós divulgamos, postamos o delivery, nós não tivemos nenhuma retirada aqui, quase tudo foi delivery, e nos surpreendeu”, disse.

Com o objetivo de compreender essa área de comercialização em tempos de pandemia, o Jornal Osollo também esteve em contato com alguns proprietários de lojas que atuam no setor de chocolates e ovos de Páscoa em Teixeira de Freitas.

Chocolates Brasil Cacau. Foto: OSollo

Ivo Oliveira Garcia, proprietário da Chocolates Brasil Cacau, relatou sobre a Páscoa passada e as perspectivas. Segundo ele, a pandemia da covid-19 não afetou negativamente as vendas: “Eu não tenho o que reclamar da Páscoa passada, foi a melhor páscoa pra mim nos últimos cinco anos, e estamos numa perspectiva muito boa pra essa Páscoa também”, relata.

Cliente da Cacau Show, Gabriel Lima. Foto: OSollo

Já um cliente da Cacau Show, Gabriel Lima, destacou que não há um segmento que não está sendo afetado na pandemia, recordou que a Páscoa do ano passado teve início junto à pandemia e muitas pessoas tinham o pensamento de que esse período da covid-19 não iria demorar. Ele destacou que “o poder de compra de todos os cidadãos brasileiros diminuiu muito durante a pandemia, e terá um grande impacto.”

Supervisor das Lojas Americanas de Teixeira de Freitas, Jean Alves. Foto: OSollo

Tradicionalmente, as Lojas Americanas, na cidade, tem boas vendas no período, pois, atua com ovos de diversas marcas, com preços acessíveis. O supervisor da Americanas da av. Mal. Castelo Branco, Jean Alves, ressaltou que no início, com o decreto de fechamento do comércio, houve um certo prejuízo, pois as Lojas Americanas, assim como outros comércios, precisou fechar as portas. E acrescentou: “para esse ano de 2021, a gente está com uma expectativa grande, sabemos que estamos enfrentando muitos momentos difíceis por conta da pandemia, (…), nossa loja recebeu um volume muito grande de mercadorias pra Páscoa e é contar que venha um público grande”.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui