Parceria entre a UFSB e UFBA viabiliza um estudo de diagnóstico da qualidade do ar em Teixeira

Parceria entre a UFSB e UFBA viabiliza um estudo de diagnóstico da qualidade do ar em Teixeira de Freitas. Foto: Divulgação

As informações sobre a qualidade do ar nos ambientes urbanos relacionam-se diretamente à saúde e são consideradas fundamentais para o controle da poluição atmosférica. A contaminação ambiental causada por Hidrobarbonetos Policíclicos Aromáticos (HPAs) e seus derivados, tais como nitro-HPAs e quinonas podem comprometer a saúde humana devido ao potencial carcinogênico e mutagênico desses compostos. Esses poluentes orgânicos se originam a partir da queima incompleta da matéria orgânica que ocorre com os combustíveis fósseis em veículos, sendo a principal via de introdução desses compostos no ar atmosférico.

A partir dessas informações, o Prof. Jailson Bittencourt de Andrade, do Centro Interdisciplinar de Energia e Ambiente – CIENAM/ UFBA, a Profa. Joanna Maria da Cunha de Oliveira Santos Neves (UFSB/ Campus Paulo Freire) e a Profa. Leila Oliveira Santos (UFSB/ Campus Jorge Amado) estão coordenando o projeto de pesquisa que pretende avaliar a qualidade do ar no município analisando as concentrações de HPAs e seus derivados associados ao material particulado atmosférico dessa fração inalável dos ambientes urbanos do nosso município. Participam também da pesquisa realizada no município de Teixeira de Freitas, o estudante do Bacharelado em Gestão Ambiental, Eli Shuab Carvalho Lima, e as estudantes do Bacharelado Interdisciplinar em Ciências, Ingrid Melissa Norberto da Silva e Márlia Oliveira.

O estudo será realizado em amostras de MPA (Material Particulado Atmosférico – da fração inalável menor que 2,5 µm) coletadas em pontos distintos no município de Teixeira de Freitas, BA. A partir do desenvolvimento desse estudo será possível avaliar a qualidade do ar no município de Teixeira de Freitas, e os dados gerados na pesquisa serão disponibilizados às autoridades competentes no intuito de alertar a população e contribuir com dados científicos que serão publicados em artigos científicos e discutidos pela comunidade acadêmica.

O projeto tem apoio logístico dos trabalhos de campo e nos procedimentos analíticos da UFBA, INCT e UFSB.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui