Para ver como Deus vê

“Com isso todos saberão que vocês são meus discípulos, se vocês se amarem uns aos outros.” (João 13.35)

A narrativa do Eden, em Genesis 1, evoca muitas reflexões. Uma delas diz respeito à nossa capacidade de ver, de compreender a vida. Deus ofereceu ao casal do Eden uma perspectiva. O Diabo, outra. E a escolha deles definiu (ou redefiniu) os rumos da história. E a história continua: que perspectiva é a nossa? Como vemos? Pois o mais importante não é o que estamos olhando, mas o que estamos vendo quando olhamos. E em se tratando de vida, dependemos de como vemos. Enfrentaremos as dificuldades e nos dedicaremos às coisas de acordo com o que somos capazes de ver, de perceber. Não veremos tudo e nem tudo precisa ser visto. Mas precisamos ver bem. Nossa vida depende disso!

Ver é interpretar e dar significado. Em última análise, vemos com a mente e não com os olhos. Lembra-se da história dos dois vendedores de sapato que chegam ao um lugar onde ninguém usar sapatos? Um pensou: não vou conseguir vender sequer um par aqui, pois ninguém usa sapatos! Mas o outro pensou: é aqui que venderei como nunca, pois ninguém aqui tem sequer um par de sapatos! O modo como vemos! Como Deus vê o que vemos? É uma boa pergunta e um campo promissor para nossa vida. Não podemos ver tudo que Deus vê, mas podemos aprender a ter um olhar mais parecido com o d’Ele.

E se queremos, precisamos nos dedicar a aprender a amar. Precisamos fazer o que Jesus disse para fazermos. Quando olhamos com amor vemos o que jamais veríamos. Podemos inclusive ver de maneira completamente nova e diferente o que sempre vimos de certa maneira. O amor traz consigo novas atitudes, possibilita novos diálogos, abre novos espaço e lança novas luzes sobre velhas ideias e percepções. Aprender a ver como Deus nos fará maduros e escolheremos melhor os caminhos de nossa vida. Para ver como Deus vê precisamos amar. Escolha amar. Aja com amor. Coloque o amor a frente e acima de tudo. Você verá tudo de forma nova, diferente e cheia de vida!

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui