Pais e alunos fazem manifestação em frente à Prefeitura de Teixeira de Freitas

Pais e alunos fazem manifestação em frente à Prefeitura de Teixeira de Freitas. Fotos: Lenio Cidreira

Pais e alunos da rede municipal de Teixeira de Freitas realizaram uma manifestação na manhã desta terça-feira (20/03) em frente da antiga sede da prefeitura, na região central da cidade. Segundo Guilherme Silva Rangel, 18 anos, aluno do 9º ano da escola municipal Igualdade e Justiça, a manifestação é por conta “que estão faltando ventiladores, o telhado foi tirado e não foi colocado, cadeiras, cortinas, reforma da quadra, freezers, melhoria no lanche, estamos reivindicando o que é de direito para nós, estamos aqui para o prefeito nos ouvir, porque se ele não nos ouvir, a manifestação vai continuar no Igualdade e Justiça”.

Tivemos uma reunião, ligamos para os pais dos alunos e eles nos autorizaram a saída de seus filhos para a manifestação, disse Guilherme

Disse ainda que conta com a colaboração das outras escolas do município, “para que possam estar conosco, reivindicando os nossos direitos. Aqui não estamos recebendo ajuda de ninguém, estamos por nossa conta, estamos nesta manifestação com mais de 200 alunos, não temos apoio da coordenação, nem da direção da escola, tivemos uma reunião, ligamos para os pais dos alunos e eles nos autorizaram a saída de seus filhos para a manifestação, agora, estamos fazendo um abaixo-assinado, e contamos com a colaboração de todos”.

Já Inês Dias Marques, 30 anos, doméstica, disse que está aderindo à manifestação porque tem um filho que estuda na escola municipal Igualdade e Justiça, mas, “as escolas estão abandonadas, falta material escolar, isso não é uma educação que a gente quer, queremos uma educação de qualidade, e isso está em falta, precisamos melhorar, pois a base de tudo é a educação”.

“Compramos mais de 300 ventiladores, a rede precisa 199, compramos 330, para fazer substituição e também reparos, em relação à merenda escolar, está sendo normalizada”, disse o secretário Hermom Freitas.

O jornalismo d’OSollo ouviu o secretário de Educação Hermon Freitas, que, em relação à manifestação dos alunos da escola municipal Igualdade e Justiça, ele disse que já foi informada a toda a rede de educação que vai acontecer um mutirão dos ventiladores a partir do dia (22/03), “compramos mais de 300 ventiladores, a rede precisa 199, compramos 330, para fazer substituição e também reparos. Em relação à merenda escolar, está sendo normalizada já essa semana, os contratos já estão sendo assinados, os processos licitatórios já foram feitos, todo início de ano temos essa dificuldade, com contratos, fornecedores não vêm ao município assinar os contratos, fornecedores de fora, e a gente sente essa dificuldade, a gente não pode disparar as compras enquanto eles não chegam e assinam a parte deles, a gente tem essa dificuldade”.

E acrescentou, com relação a possibilidade de ar-condicionado nas salas, “há um pedido ao governo através do sistema federal para que a gente faça uma compra significativa, para compra de ar-condicionado para o município, mas, isso é verba federal, para poder fazer as compras, então, não há nenhuma previsão agora para ar-condicionado, mas, os ventiladores, que é a nossa obrigação de dar um conforto aos alunos, isso já está sendo resolvido, neste mutirão, a partir do dia (22/03)”, concluiu.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui