OAB solicita providências na fiscalização do concurso da Câmara Municipal de Teixeira de Freitas

OAB solicita providências na fiscalização do concurso da Câmara Municipal de Teixeira de Freitas. Foto: reprodução Instagram

A OAB-Subseção de Teixeira de Freitas oficiou a Presidência da Câmara Municipal de Vereadores de Teixeira de Freitas, indicando novo representante para compor a comissão de fiscalização do concurso público do Legislativo Municipal.

Foi solicitado ainda que os versos dos cartões-resposta e o lacre dos envelopes dos cartões-resposta sejam rubricados por uma comissão formada com representantes da Subseção de Teixeira de Freitas.

Por fim, foi solicitado que a abertura dos envelopes dos cartões-resposta, para leitura de correção, seja feito em audiência pública em Teixeira de Freitas.

As providências solicitadas têm o intuito de contribuir para a transparência e lisura do concurso público, dificultando possibilidade de fraude por substituição dos cartões-resposta de candidatas(os).

Desde o início a Ordem participou da comissão de fiscalização do concurso, opinando sobre o edital, tendo recebido Presidência do Legislativo Municipal sinalização positiva, acerca das providências pleiteadas pela OAB.

O presidente da Câmara de Vereadores comunicou que suspendeu prosseguimento do concurso, até a conclusão das investigações pela polícia civil, sobre o vazamento do Edital, ocorrido no final de 2018.

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui