O valor da vontade e o poder do desejo

“E se o seu olho o fizer tropeçar, arranque-o. É melhor entrar no Reino de Deus com um só olho do que, tendo os dois olhos, ser lançado no inferno” (Marcos 9.47)

Todos temos ideias sobre o que consideramos difícil na vida. Estudantes elegem alguma disciplina e a rotulam assim. Sedentários acham muito difícil adotar hábitos mais saudáveis. Para alguns pode ser muito difícil abandonar o tabagismo. Alguns, mesmo diante do risco concreto de morte prematura, não param. Mas, por trás da grande maioria das “dificuldades” de nossa vida, está uma só dificuldade: a de negar-nos um desejo. Vencer um desejo é tarefa na qual fracassamos diariamente, por mais que conheçamos as consequências indesejáveis desse fracasso. E o grande problema é que somos pessoas contraditórias: queremos algo, mas desejamos o que contraria isso. E o desejo é mais persuasivo. Infinitamente mais!

O que eu quero e o que eu desejo podem ser diferentes. O que eu quero está relacionado à minha vontade consciente, refletida. Eu quero equilibrar minhas finanças, por exemplo. Desejo está relacionado às minhas inclinações, sensações, impulsos. Diante de oferta de bens ou promoções, sinto desejos de consumo. E meus hábitos de consumo podem ser a explicação de meu desequilíbrio financeiro. Esse conflito acontece em diversas áreas da vida e talvez já tenha acontecido hoje com você. Jesus está nos falando sobre isso no verso destacado. Ele usa uma figura extrema: se seus olhos o fazem negar o que você quer, você precisa ser firme o bastante para arrancá-lo. A perda compensa a conquista.

É extremamente difícil negar um desejo porque isso nos dá uma sensação enorme e intensa de perda. Em alguns casos é como se estivéssemos abrindo mão do melhor da vida, da felicidade, da alegria. Mas depois constatamos que tratava-se de algo intenso, mas fugaz – um desejo. Porém, seguimos mantendo o padrão, pois um desejo pode nos cegar e aprisionar. A figura usada por Jesus é bastante apropriada. Somente a coragem de arrancar o olho nos faz capazes de negar o que nossos olhos desejam. Pense melhor sobre o que quer e o que deseja, sobre suas vontades e seus impulsos. Governe melhor sua vida. Peça ajuda a Deus. Isso é ser cristão.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui