O que “não fazer” para ser feliz!

“Como é feliz aquele que não segue o conselho dos ímpios, não imita a conduta dos pecadores, nem se assenta na roda dos zombadores!” (Salmos 1.1)

Já estamos chegando ao primeiro terço do primeiro mês do ano. É como sabemos: o tempo não para! No uso do tempo, tão importante quanto o que fazemos é o que não fazemos. E para ser feliz é preciso não fazer algumas coisas. Esse aprendizado nos vem do livro dos Salmos. Ele está cheio de experiências de pessoas como nós, ansiosas por felicidade vivendo num mundo com tantas dores. No primeiro versículo do primeiro capítulo do livro encontramos uma mensagem de alerta. Ele nos diz que devemos evitar três coisas se queremos ser felizes. São três “nãos” importantes para a nossa vida em 2015.

Primeiro “não”: não siga conselhos de ímpios, de pessoas que não buscam retidão e ética em suas vidas. Costuma-se dizer que “se conselho fosse bom ninguém daria”. Mas conselhos são bons e precisamos deles. Mas precisamos também avaliar nossos conselheiros.

Segundo “não”: não imite a conduta dos pecadores. O que o texto quer dizer é “não viva como vivem os que praticam o mal para se dar bem”. Pessoas que querem sempre se dar bem são governadas pelo imediatismo, oportunismo e egoísmo. Felicidade não combina com estas coisas!

Terceiro “não”: não se assente com zombadores. Zombadores são presunçosos, gente que faz pouco caso de princípios e valores; que despreza autoridades e descrê de Deus. Assentar-se significa desenvolver intimidade, viver de maneira semelhante. E comunhão sempre influencia o comportamento.

Este verso não é uma orientação para nos isolarmos, mas um mandamento para fortalecermos nossa identidade. Não devemos nos envolver com pessoas e situações que tenham o poder de nos corromper. Não devemos ser aquele tipo de gente que adere facilmente ao ambiente à sua volta. Não devemos comprar aceitação vendendo barato nossos princípios e valores. Podemos conviver com qualquer pessoa, mas devemos preservar quem somos, fazendo o que convém e evitando o que não convém. Jesus disse que somos “sal e luz” e é sendo quem devemos ser que somos felizes. Em 2015 você precisará fazer certas coisas tanto quanto evitar outras se quer ser feliz. Esteja preparado!

 

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui