O que forma um Halo Solar? O fenômeno foi registrado em Lajedão nesta segunda, dia 18

Registro feito no município de Lajedão. Foto: Ângelo Santos

Não é todo dia que, ao olharmos para o céu, nos deparamos com um empolgante fenômeno com o nosso Sol. O Halo Solar, como é chamado o círculo multicolorido em volta da estrela, impressiona por sua beleza e gera perguntas.

Não foi diferente na manhã desta segunda-feira, dia 18. O jornalismo d’OSollo recebeu de uma internauta uma foto registrada no município de Lajedão [acima].

O fenômeno pode parecer mais comum à noite, com a Lua, e sua explicação não passa da nossa atmosfera.

Pesquisamos sobre o assunto. Segundo a física Mariane Mendes, o círculo ocorre na troposfera, a cerca de 17 quilômetros de altitude, quando a luz do sol é refletida e refratada por cristais de gelo presentes na atmosfera terrestre, causando assim a dispersão da luz.

O formato circular está ligado à estrutura hexagonal desses cristais.

O fenômeno da refração consiste na mudança de direção e velocidade da luz ao passar de um meio para o outro.

Os cristais de gelo presentes na atmosfera funcionam como pequenos prismas que decompõem a luz branca do sol nas cores primárias, formando assim o halo solar de forma semelhante ao que ocorre com o arco-íris.

Assim como acontece no sol, ao redor da lua também pode surgir o halo.

A formação de um halo lunar ocorre da mesma forma que o solar, porém, a visualização das cores escuras é mais difícil, sendo possível observar melhor apenas as cores mais claras. [Brasil Escola]

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui