O adeus de um pioneiro: Rômulo Coelho

Rômulo Coelho (Foto: Cidade Acontece)

Faleceu na manhã desta terça-feira (4), no município de Vitória da Conquista, o ex-vice-prefeito de Itapetinga e presidente da Cooperativa Mista do Médio Rio Pardo (Coopardo), Rômulo Souto Coelho, de 75 anos, vítima de infecção hospitalar.

O corpo de Rômulo Coelho foi sepultado na manhã desta quarta-feira (5), a Prefeitura de Itapetinga, por sua vez, decretou luto de 3 dias.

A trajetória política de Rômulo Coelho foi marcada pelo comprometimento para com a população itapetinguense, quando atuou como vice-prefeito no município durante a gestão de Michel Hagge entre os anos de 1993 e 1996. Contudo, foi na atividade empresarial que o comprometido vice-prefeito adquiriu grande reconhecimento por seu empreendedorismo no setor pecuário. Após sua experiência na política, Rômulo dedicou-se ao trabalho de pecuarista, chegando a promover a atividade pecuária para vários municípios da região do Médio Sudoeste, contribuindo de forma significativa para a economia local.

Além disso, consta na biografia de Rômulo Coelho, um papel de pioneiro na implantação do cooperativismo na região, chegando a ocupar o cargo de presidente da Coopardo, a qual ele foi um de seus idealizadores; mas que por conta de seu estado de saúde, licenciou da presidência da cooperativa no mês de maio.

Homenagens póstumas

Por ter sido uma figura de grande relevância no cenário regional, muitas homenagens foram feitas em sua memória. O presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado da Bahia (FAEB/SENAR), João Martins da Silva Junior emitiu uma nota dizendo que: “Nesse momento de tristeza e de dor, expressamos profundo pesar, lamentando a perda irreparável desse grande líder. Nosso apoio e solidariedade aos familiares e amigos, lembrando que ele deixou um belíssimo exemplo de correção pessoal e dedicação aos superiores interesses da classe”.

O diretor-presidente do Jornal OSollo, Jadilson Moraes, que cultivou uma grande amizade com Rômulo, o conheceu em 2009 quando planejava a expansão do jornal no sudoeste baiano, sendo ele “fundamental para o êxito desse projeto na região de Itapetinga; prova disso, evidenciou-se no seu empenho para distribuição do jornal na cidade de Itapetinga e região. Na época, enviávamos 200 exemplares que, mediante a sua autorização, eram encaminhados para cidades onde funcionavam filiais da Coopardo”. Em seguida, Jadilson Moraes enfatizou as qualidades de Rômulo Coelho, o qual referiu como “um homem de caráter, honesto e ilibado, que contribuiu de maneira decisiva para o nosso sucesso nesta região. Razão pela qual os nossos agradecimentos são eternos”.

Lideranças políticas, como vereadores, prefeitos e até mesmo o ministro da Secretaria de Governo da Presidência da República Antonio Imbassahy, também lamentaram a perda deste importante personagem da História recente da Bahia.

Para o prefeito de Teixeira de Freitas, Timóteo Alves de Brito, que foi amigo de longa data de Rômulo Coelho, afirmou que seu legado perpetuará sua memória em diversas cidades do sudoeste baiano, de modo que jamais será esquecido.

O prefeito de Itapetinga, Rodrigo Hagge considerou o falecimento de Rômulo Coelho como uma perda irreparável, tendo em vista todos os benefícios que ele proporcionou em prol do progresso do município de Itapetinga.

Por sua vez, o presidente da Câmara Municipal de Itapetinga, o vereador Eliomar Alves Barreira, o “Tarugão” enfatizou o pioneirismo de Rômulo Coelho, que foi indispensável para o desenvolvimento do sudoeste baiano, que apresentou um trabalho ilustre alicerçado, sobretudo, na seriedade e honestidade a fim de assegurar o bem comum a todos os moradores da região.

Enquanto que em nota, Imbassahy destacou que o legado de Rômulo Coelho “e seus exemplos permanecerão vivos em nossos corações. Aos familiares, amigos e colaboradores, nossos sentimentos e orações”.

Os pêsames

O Jornal OSollo presta as mais sinceras condolências à família de Rômulo Coelho; entre os quais estão seu filho, Charles de Mello Coelho e seu grande amigo e parente Dilvan Coelho; o primeiro um atuante e qualificado advogado público e administrativo de Teixeira de Freitas; e o segundo, o respeitado jornalista por trás do site de notícias Foco no Poder.

Por mais que a dor da perda seja impossível de se traduzir em palavras; o mesmo se pode dizer de seu legado; não importa quantas gerações passem, mesmo que seu nome se torne apenas uma lembrança, a Bahia será eternamente grata a Rômulo Coelho.

 

 

 

 

 

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui