Neto defende punição para Bolsonaro

Deputado ACM Neto
O deputado ACM Neto (DEM) disse hoje (31) que está mais do que na hora da Câmara Federal punir o deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ), novamente acusado de discriminação sexual e racial. Neto também prestou solidariedade à cantora baiana Preta Gil, ofendida pelo pepista, e com o movimento homossexual. “A Câmara precisa garantir o respeito às diferenças e diversidades de nosso país. Não podemos tolerar nenhum tipo de preconceito. Temos de dar o exemplo. Para isso, sou a favor que se puna este parlamentar”, afirmou ACM Neto, ex-corregedor da Casa.

Fonte: Ascom do deputado ACM Neto

 

 

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui