Natação da Bahia quebra recordes e garante quatro medalhas de ouro e uma de prata

Foto: Ascom/GOVBA

Com quebra de três recordes, atletas de natação baiana conquistaram nesta quarta-feira (27), quatro medalhas de ouro e uma de prata.

Além de subirem ao ponto mais alto do pódium, três das medalhas de ouro foram garantidas com quebra de recordes numa etapa nacional dos Jogos Escolares da Juventude (JEJ).

Todos os nadadores que conquistaram medalhas para a Bahia, neste primeiro dia de provas de natação válidas pela etapa nacional dos Jogos, são alunos do Colégio Salesiano Dom Bosco, de Salvador.

Foto: Ascom/GOVBA

Ainda no turno da manhã, a atleta Celine Bispo, 14 anos, com o tempo de 26”21, conquistou o ouro e o novo recorde da prova de 50 M livre na competição escolar.

O recorde anterior dessa prova era de 26”55, conquistado em 2012, quando os Jogos foram sediados em Poços de Caldas, Minas Gerais. Portanto, há exatos sete anos.

Mais dois recordes
No período da tarde, o atleta Guilherme Caribé, 16 anos, quebrou dois recordes, conquistando, portanto, duas medalhas de ouro: na primeira prova, também de 50 M livre, ele marcou o tempo de 22”81, desbancando o recorde do atleta também baiano Cauã Vinícius que, em 2015, tinha cravado a marca de 23”41.
Foto: Ascom/GOVBA

Logo depois, nos 50 M borboleta, Guilherme Caribé fechou a prova com o tempo de 26”21, trazendo mais um recorde para a Bahia em provas nacionais dos Jogos Escolares da Juventude – a melhor marca dessa prova era de 25”01, registrada em 2015.

Este é o segundo ano de Guilherme no JEJ nacional. Ano passado, por ter sofrido uma fratura no braço, o atleta não pode participar da etapa nacional, voltando esta edição para fazer história em Blumenau.

Na prova de 200 medley, o atleta Enzo Brandão Ibanez conquistou a quarta medalha de ouro do dia para a Bahia. Ele também foi um dos quatro atletas que participaram da prova de revezamento 4×50 livre, garantindo medalha de prata para o estado baiano. Além de Enzo Ibanez e Guilherme Caribé, a prova 4×50 contou com a participação dos atletas João Carlos e Yan Sotero.

Vôlei de Praia – Quem também fez bonito no primeiro dia de provas foi a dupla feminina de vôlei de praia Sara Silva e Xaiane Ribeiro, alunas do Colégio CEEP Norte Baiano, do município de Juazeiro.

Elas participam pela primeira vez de uma etapa nacional dos jogos. Enfrentando a dupla do estado do Espírito Santo, as baianas perderam por 24 a 8 o primeiro set. Mas reagiram com garra no segundo set, ganhando por 22 a 20, levando a disputa da partida para o tie break, quando ganharam por 12 a 15.

Já a dupla masculina de vôlei de praia, formada pelos atletas Adrian Vinícius Santos e Tácio Oliveira Mascarenhas, ambos do Colégio da Polícia Militar do Lobato, em Salvador, e participando pela primeira vez de uma edição nacional dos Jogos Escolares da Juventude, não teve a mesma sorte das meninas.

Neste primeiro dia de provas, eles enfrentaram a dupla da Paraíba, perdendo por 21 a 18 e 21 a 12.

Além de natação e vôlei de praia, a Bahia participa dessa terceira fase desta edição dos JEJ com as modalidades de ciclismo, xadrez, tênis de mesa e ginástica rítmica.

As provas seguem até sexta-feira, 29 de novembro, sendo este o último grupo de atletas a representar o estado baiano na competição.

Iniciada em 16 de novembro, a 69ª edição dos Jogos Escolares da Juventude já finalizou provas de outras modalidades esportivas. A Bahia esteve representada no judô e luta olímpica (15 a 21/11), atletismo, badminton e futsal (21 a 26).

Até o momento, o estado baiano já soma 12 medalhas: 04 de ouro (natação), quatro de prata (natação, atletismo e badminton) e quatro de bronze pelo judô e wrestling (luta olímpica).

As delegações de todas as três etapas (um total de 179 pessoas (atletas, comissão técnica, oficiais) viajam com passagens cedidas pelo Governo da Bahia, por meio da Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), autarquia da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, tendo o apoio da Secretaria de Educação e da Federação Baiana de Esporte Escolar (Fbee).

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui