Nasce bebê de mulher em morte cerebral desde dezembro

Reprodução/Facebook + imagem ilustrativa (Divulgação/EBC)

Nasceu na madrugada de quinta-feira (28) o pequeno Salvador, filho da portuguesa Catarina Sequeira. A mulher de 26 anos sofreu morte cerebral no ano passado, um dia após o Natal. Ela ficou ligada a aparelhos por cerca de três meses, no Centro Hospitalar Universitário São João, em Portugal, até que a criança tivesse condições de nascer. O bebê veio ao mundo com 31 semanas e seis dias. De acordo com a imprensa do país, ele é considerado saudável.

O Jornal de Notícias informa que Salvador nasceu por meio de um parto de emergência e que, agora, familiares de Catarina se preparam para dar o último adeus à mulher. O corpo dela será cremado na cidade do Porto e uma missa de sétimo dia será realizada no dia 3 de abril, a partir das 20h.

Mãe de Catarina (à direita) é entrevistada em programa de Portugal (Reprodução/VIP)

A reportagem ainda relata que o bebê foi entubado logo após o parto e que evolui bem, apesar de alguns problemas respiratórios. Inicialmente, a equipe médica previa que a criança deveria nascer quando completasse 32 semanas, mas que a cesariana de Catarina precisou ser antecipada.

O pai de Salvador foi o único familiar a vê-lo até o momento. O menino deve permanecer por mais três semanas na unidade de saúde até que possa ser levado para casa. A avó dele, Maria de Fátima Branco, foi a responsável por decidir manter a gravidez da filha. Ela precisou conversar com a Comissão de Ética do hospital para que a filha fosse mantida viva artificialmente.

“Não foi uma gravidez desejada, mas ela [Catarina] acabou por a aceitar e andava feliz. Sempre falou em ir para a faculdade e viajar antes de ser mãe. Mas aconteceu assim”, disse a avó do garoto.

Salvador é o segundo bebê a nascer nessas condições em Portugal. Em 2016, o pequeno Lourenço veio ao mundo depois que a Comissão de Ética do Hospital São José, em Lisboa, decidiu manter a mãe dele ligada a aparelhos até que completasse 32 semanas de gestação.

Fonte:Bhaz

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui