Mundo

Nestes tempos fluido penso nas estrelas, onde a perspectiva do viver muda e o instante tão rico de informações descartáveis se dilui.

Uma noite estrelada sabemos o que é, mas no meio da vida tecnológica de hoje se perdeu a profundidade, já que a velocidade dos fatos que estão acontecendo tira a intensidade do viver.

O urgente sempre prorrompe, e tudo que era real e palpável ontem vai minguando e secando devagar, se despedindo dos pedaços de si, as postagens já esquecidas, as dopaminas cerebrais precisam de novas emoções, com novas mensagens.

Neste momento existem  pessoas  nos hospitais, nas cadeias, nas  favelas que estão a margem deste brilho. Mas estes invisíveis podem olhar para o céu e ver a profundidade das estrelas. Não é o brilho das postagens, é o eterno da alma, é algo visceral. A  essência do viver.

O tempo vai gastando nossa vida, e é melhor desfrutar mais as sensações eternas, pois distantes da ansiedade, e que a morte nos ache mais tenros e dóceis e menos ansiosos. Na secreta luta para garantir a sobrevivência, estamos perdendo a memória do mundo real e puro.

A armadura que construímos em volta do ideal de crescimento bloqueia o desfrute de um viver natural. Cada homem tem razões que só a ele pertencem, caminhos de ir de um lugar para outro aos pulos ou nu. As medalhas e os troféus da vida do homem mais poderoso e rico foram ameaçadas por um vírus, no fim só a essência da vida traz paz aos homens.

Cada um tem uma vida sua, de ir do berço à cova como melhor achar ou puder. O que vai numa avó que morre, são partes boas da infância, uma certa forma de falar que já ninguém pratica, a memória ridícula e livre de se ter sido ingênuo e insolente, cheiros de comida feita de ingredientes que nunca mais se voltarão a juntar, a face possível do passado, um calor de encher casas, nomes de pessoas que só ali permaneciam reais, um epitáfio vago, o súbito envelhecimento de pai e mãe, isto é um passo dado na fila do tempo e não o brilho efêmero de hoje.

*João é natural de Salvador, onde reside. Engenheiro civil e de segurança do trabalho, é perito da Justiça do Trabalho e Federal. Neste espaço, nos apresenta o mundo sob sua ótica. Acompanhe no site www.osollo.com.br.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui