Mucuriense é curado da covid-19 e recebe alta do Hospital AMEC de Camacã

Mucuriense é curado da covid-19 e recebe alta do Hospital AMEC de Camacã. Foto: Ascom

O município de Mucuri recebeu com muita alegria a notícia da cura de um paciente, morador do povoado de 31 de Março “Divisa” diagnosticado como positivo para covid-19 e, após internação e cuidados recebidos em um Hospital de Campanha do sul da Bahia, recebeu alta na noite de segunda-feira, 10 de maio. A alta foi comemorada com alegria e emoção por familiares, amigos e profissionais de saúde da unidade hospitalar.

O paciente Glicermundo Azevedo Filho, o “Ginho”, 63 anos, deu entrada no HSJ – Hospital São José de Itabatã, com sintomas do coronavírus, dia 1º de maio e após realização do exame, constatou positivo para a covid-19, onde foi iniciado imediatamente o tratamento, mas o seu quadro clínico foi piorando.

Com histórico de hipertensão, o paciente iniciou em 22 de abril o quadro de cefaleia, mialgia e tosse seca. No dia 1º de maio, começou o quadro de fadiga e desconforto respiratório, dando entrada no Hospital São José de Itabatã com saturação de 85% associada a dispneia e com a evolução do paciente para covid, no dia 3 de maio foi providenciado a sua transferência para o Hospital AMEC de Camacã, no sul da Bahia, unidade estruturada recentemente para atender pacientes acometidos pela covid-19.

A saída do paciente, sete dias após a sua internação no Hospital AMEC de Camacã, foi comemorada com aplausos e muita comoção de parentes e da equipe de saúde que o acolheu durante o internamento na cidade de Camacã.

Bastante emocionado, Ginho, como é popularmente conhecido na “Divisa” onde reside em Mucuri, conseguiu falar algumas palavras. “Não tem explicação para o que eu estou sentindo neste momento, mas o sentimento é de muita gratidão. Apesar do susto, nunca perdi as esperanças de que seria curado. Agradeço a Deus e a todos que estiveram cuidando de mim neste momento difícil. Meu agradecimento a equipe do Hospital São José de Itabatã, ao prefeito Robertinho, ao secretário Fernando e aos profissionais que me acolheram em Camacã. Muito obrigado”, agradeceu ele.

Conforme o secretário Municipal de Saúde de Mucuri, Fernando Jardim, após o diagnóstico confirmar a doença, “Ginho” apresentou uma piora no seu quadro clínico no início do mês, mas logo o município agilizou todos os meios para que ele fosse transferido de imediato e foi possível se conseguir uma vaga de UTI no Hospital de Campanha de Camacã e, foi lá que ele conquistou a vitória sobre a doença.

“Infelizmente, temos momentos de perda, comunicação de más notícias e são esses momentos de alta que nos dão força. É muito gratificante. Renascemos com o retorno de “Ginho” e esse renascimento renova a esperança de que aqueles que ainda são acometidos por esta doença possam estar com seus familiares em breve”, rogou o prefeito Roberto Carlos Figueiredo Costa “Robertinho” (DEM).

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui