Mucuri: Moradores se unem para salvar caranguejos em área inundada

Banco de areia impedia que água escoasse do rio para o mar.

Grupo levou cerca de cinco horas trabalhando para liberar área afetada.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Moradores de Mucuri, no extremo sul da Bahia, se uniram para salvar caranguejos de um manguezal, que ficou inundado em uma área de proteção ambiental da Costa Dourada. Por conta da maré alta e dos ventos, um banco de areia se formou e impediu que a foz de dois rios escoasse para o mar.

Em alguns pontos, o nível da água subiu mais de dois metros. Para evitar que os caranguejos morressem, os moradores decidiram retirar a areia. Após cinco horas de trabalho, eles conseguiram fazer que os rios voltassem ao curso normal.

“A gente veio para cá, trouxe pá, enxada. Desentupimos para os caranguejos continuarem a vida deles”, conta o carpinteiro Emerson Moreira. “De uns anos para cá, aconteceu a mesma coisa e os caranguejos morreram todos. Por isso, agora a gente não quer ver eles morram”, completa o aposentado Josuel da Rocha.

Uma equipe técnica da Secretaria de Meio Ambiente de Mucuri foi ao local para avaliar os impactos ambientais. Segundo o biólogo Rodrigo Viejas, os caranguejos poderiam morrer caso ficassem mais tempo na área alagada.

“Eles já vivem em área alagada, mas alagada temporariamente. Viver assim permanentemente se torna uma situação problema porque eles não vão dar conta de sobreviver. É na maré seca que eles pegam as folhas que caem do mangue”, explica Viegas.

 

 

 

 

Fonte: G1, com informações da TV Santa Cruz

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui