MST afirma que fazenda ocupada em Eunápolis é da família Marinho em Eunápolis

Com a ocupação, a fazenda passou a ser denominada de Acampamento Márcio Campos. Foto Radar64

Segundo o site Radar64, cerca de 150 integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra [MST] ocuparam, na madrugada do último sábado (14), a Fazenda Aliança, no município de Eunápolis.

Segundo a direção do MST na Bahia, as terras são improdutivas e pertencem à família Marinho, detentora do Grupo Globo, conglomerado de mídia composto, dentre outros veículos, pela TV Globo.

De acordo com o setor de comunicação do MST, o latifúndio de mais de mil hectares possui três sedes e uma plantação de cacau abandonada há mais de 10 anos e tomada pela vassoura de bruxa. Além disso, uma área de pasto se tornou capoeira.

Com a ocupação, a fazenda passou a ser denominada de Acampamento Márcio Campos, dirigente do movimento assassinado em janeiro, na região da Chapada Diamantina, Bahia.

A ação faz parte da jornada nacional de lutas pela defesa da democracia e pela liberdade do ex-presidente Lula, que segundo o MST, é preso político.

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui