Meu aniversário

Consegui chegar até aqui, seis décadas e três anos.
É um modo esquisito de dizer que se faz tantos anos. Mas são mesmos feitos, construídos dia a dia, minuto a minuto, mês a mês, ano a ano. É sempre uma nova batalha por dia. Vou ficar hoje, dia 08 de fevereiro de 2020, esperando os ponteiros do relógio pularem dos meus 62 anos, 11 meses, 30 dias e 59 minutos para dentro dos 63. Fiquei de olho colado no relógio para sentir o segundo exato da virada as 12h49 para 12h50 momento em que nasci. Mas não senti nada. Nada exterior foi modificado. Nada! Nenhum impacto. Sinto que nenhuma ruga nova foi formada, também os meus fios de cabelo branco não aumentaram. O que senti foi um grande aperto no peito, uma solidão sem tamanho pela falta dos que nunca mais verei.
Tive alegrias, tristezas, dores, frustrações, desilusões como todo mundo. O que aprendi? Aprendi que não aprendi coisa nenhuma! Que ainda caminho inseguro pelo caminho que eu próprio escolhi. Ou melhor, aprendi que as pessoas ditam regras, criam bússolas, indicam o caminho da felicidade, mas eu não quis seguir nenhuma regra e ir por caminhos que outros indicaram, mas compartilho o caminho com minha amada. Desbravamos o mundo juntos e cometemos erros também, se tivesse seguido os conselhos dos outros teria erros também. Mas não teria a doçura de conhecê-la nos momentos difíceis da jornada, e a admiração aumentou no coração. Não teria através dela encontrado as pessoas que conheço e que são tão caras para mim. Sinto que não tenho mais a vida pela frente, como dizem aos jovens. Também nem tenho mais metade da vida para viver. Então, quantos anos ainda vou viver? Não sei, e é bom que não saiba. Como viveria sabendo que vou morrer amanhã ? Melhor nem pensar! O que conta hoje não são os presentes, o que vale é o que está no meu coração e não o que vem de fora.

*João é natural de Salvador, onde reside. Engenheiro civil e de segurança do trabalho, é perito da Justiça do Trabalho e Federal. Neste espaço, nos apresenta o mundo sob sua ótica. Acompanhe semanalmente no site www.osollo.com.br.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui