Marilia Gabriela explica motivos por ter recusado a secretaria da Cultura

alt

A apresentadora Marília Gabriela disse que não aceitou o posto de secretária de Cultura do governo de Michel Temer, pois ela ‘seria apenas um medalhão’. Em entrevista à jornalista Mônica Bergamo, ela ressaltou que recusaria o convite de qualquer governo. “Honestamente, eu seria apenas um medalhão. Eu sou midiática, espaçosa. E seria conveniente para um governo com quase nenhuma representatividade feminina que eu prestasse esse papel”, explicou. Gabriela relatou que a senadora Marta Suplicy (PMDB-SP) a chamou por telefone para tomar um café da manhã com o presidente em exercício, Michel Temer. No entanto, a apresentadora não aceitou a proposta. “Eu quero me ‘culturar’, consumir cultura. Não é para mim ser gestora de cultura”, afirmou. Gabriela foi uma das alternativas de Temer para que uma mulher ocupasse a secretaria de Cultura depois de sofrer críticas pela predominância de homens em sua gestão. Ele acabou indicando o advogado Marcelo Calero e neste sábado (21) decidiu dar à pasta da Cultura novamente o status de Ministério, em resposta aos protestos que pediam o retorno do MinC.

Fonte: Portal G1

Foto: SBT – Leonardo Nones

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui