Mais uma decepção para o grupo que apoia a refeita de Jequié, Tânia brito. O pedido da prefeita afastada para voltar ao cargo foi indeferido Supremo

alt

Tribunal de Justiça (STJ)n atarde do dia 132 de abril. O indeferimento foi determinado pela vice-presidente do STJ e confirma o afastamento da gestora do cargo, do qual foi afastada pelo Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-Bahia) desde o último dia 6 de maio. Ela responde a uma ação civil pública na área da Educação. O Ministério Público da Bahia (MP_BA) pediu o afastamento da gestora, analisando que com ela no cargo, as investigações poderiam ser atrapalhadas. Um processo de impeachment também é movido contra Tânia Brito pela Câmara de Vereadores de Jequié, mas tal processo foi suspenso por uma liminar do TJ-BA.

Da Redação

Foto: Domínio Público

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui