Mais um incêndio no prédio da Receita Federal em Salvador

Foto: Ascom da Sindifisco
Principio de incêndio no prédio da Receita Federal de Salvador fez com que auditores, analistas, assistentes técnicos administrativos e funcionários terceirizados evacuassem urgentemente as salas de trabalho por volta das 10h20 da manhã desta sexta-feira (04/02). O prédio da Receita fica localizado na Rua Alceu Amoroso, ao lado da avenida Tancredo Neves no bairro Caminho das Árvores.

Auditores que preferiram não se identificar denunciaram a ausência de uma sirene para alertar os funcionários que se encontravam nos andares superiores. O clima de medo e pânico no momento da evacuação do prédio devido à fumaça que começou a subir foi reclamado pelos funcionários que se encontravam em frente ao prédio. Pelo menos o terceiro, quarto quinto e sexto andares foram prejudicados pela fumaça, segundo informações de alguns auditores que se encontravam no local.

De acordo com informações do assistente de comunicação e auditor fiscal Demian Fagundes, o fogo aconteceu na sala de no-break (equipamento que protege contra quedas de luz) no andar da G4 e resultou apenas em prejuízos materiais.

Demian Fagundes informou que cerca de 600 pessoas, dentre auditores, analistas e técnicos trabalham diariamente no prédio. Ele não soube responder sobre o número de terceirizados que também estão lotados na Receita.

Com o acidente, a Central de Atendimento ao Contribuinte (CAC) não atende presencialmente hoje. Não há previsão de quando o serviço será restabelecido, o que deve acontecer somente após a liberação do prédio.

Conforme o tenente Marcio Melo, do 3º Grupamento de Bombeiros Militares, quando o corpo de bombeiros chegou ao local o prédio já havia sido evacuado.

De acordo com Luiz Fernando Nogueira, presidente do Sindifisco DS Salvador, em 2009, a Delegacia Sindical de Salvador questionou a falta de segurança do prédio da Receita devido a um principio de incêndio ocorrido no quadro de distribuição no 7º andar, próximo ao refeitório. À época, foi realizada uma reunião de emergência com a superintendente da RFB Zayda Manatta.

Fonte: Ascom da Sindifisco

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui