Mãe é especialista em catar piolhos e cobra R$ 70 por hora

Anna Paula Braga descobriu o talento cuidando do cabelo das filhas, resolveu se profissionalizar e hoje atende em domicílio

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A carioca Anna Paula Braga tem uma das profissões menos convencionais do Brasil. Ela se sustenta a partir de um trabalho que poucos gostariam de exercer, mas ela garante que sente orgulho do emprego que tem: ela é uma catadora de piolhos profissional.

Mãe de três filhas, Anna descobriu a profissão com a qual passaria a ganhar a vida de um modo bastante natural: perseguindo fio a fio os piolhos dos cabelos das meninas com muita paciência. “Não é bárbaro isso que eu faço? Eu combato uma praga! As minhas filhas morrem de vergonha, mas eu nunca tive”, conta ela ao jornal Extra, afirmando que qualquer emprego tem o seu lado negativo.

Especialista, ela cobra R$ 70 por hora e atende na casa dos clientes. Crianças podem continuar a estudar, usar o computador, jogar video-game e até seguir com os estudos fazendo o dever de casa enquanto Anna entra em ação para combater os piolhos.

Equipada com nada mais do que suas mãos, um pente fino e uma tolha branca, ela garante: “Se eu não acabo com todos os piolhos, tiro 99% deles”. Ela também afirma que remédios não conseguem destruir todas as lêndeas e os piolhos menores, além de queimar o couro cabeludo.

Os únicos clientes a quem Anna se recusa a atender são pessoas com dreads no cabelo. “Nesse tipo de cabelo não entra nem pente, como vou catar piolho?”, brinca.

 

Fonte: Correio

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui