Itapetinga: Revisão de processo condena Hérica Brito a 20 anos de prisão

 alt

Policiais civis da delegacia de Itapetinga, no começo da noite desta quarta-feira (20), cumpriram mandado de prisão em desfavor da pessoa de Hérica Brito Santos. Ela foi surpreendida pelos policiais na vizinha cidade de Vitória da Conquista, onde morava atualmente.

A mulher foi condenada a 20 anos de prisão em regime fechado devido a morte do artista e escultor Júlio de Souza Barbosa, o conhecido São Félix, 83 anos.

Ele foi agredido a golpes de pau e facão no dia 28 de dezembro de 2010, no interior do Ginásio Agro Industrial, onde morava. São Félix não resistiu aos ferimentos e morreu poucos dias depois no Hospital de Base de Itabuna. Sua morte comoveu toda a cidade.

A Polícia Civil de Itapetinga agiu rápido e no mesmo dia do crime chegou aos responsáveis. Hérica Brito Santos foi presa e um adolescente de 17 anos, apreendido.

Na investigação policial ficou comprovado que Hérica e o adolescente se uniram para roubar a vítima. No dia do ocorrido cerca de 800 reais e um aparelho celular foram subtraídos do idoso. Hérica e a vítima eram bem próximos.

Fonte: Itapetinga Repórter – Eudo Mendes

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui