Itapetinga: Homem foi queimado vivo após matar ex-esposa e filho

Foto: Itapetinga Agora
Foto: Itapetinga Agora
No início da noite de ontem, 11, em Itapetinga, um homem foi brutalmente assassinado por populares após matar a ex-esposa e o filho de 8 meses. Odair José, que era porteiro da câmara de vereadores da cidade, chamou Débora Santos, 17 anos mais nova do que ele, para conversar em sua residência.

Chegando lá, Odair iniciou uma série de agressões contra a mulher, batendo sua cabeça contra o chão do banheiro. A vítima não resistiu e faleceu. Logo em seguida, Odair pegou o filho de 8 meses e o arremessou por diversas no chão. O bebê também não resistiu.

Após o fato, Odair tentou se matar tomando um veneno para ratos conhecido como “chumbinho”. Ao passar mal, Odair saiu pelas ruas e foi resgatado por um popular, que o levou para um hospital. Na unidade saúde, Odair contou à enfermeira o que tinha feito a com a ex-esposa e o filho.

A notícia logo se espalhou pela cidade e populares se revoltaram invadindo o hospital para capturar Odair. Ele foi linchado pelas ruas e teve seu corpo queimado quando ainda estava vivo.

A polícia tentou agir, mas foi impedida pela população transtornada. A situação só se acalmou quando o reforço foi chamado.

 

 

Fonte: O Tabuleiro

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui