Itanhém tem FPM bloqueado e Mildson Medeiros explica situação

Itanhém tem FPM bloqueado e Mildson Medeiros explica situação. Foto: Reprodução

O prefeito Mildson Medeiros (PSD), na noite de segunda-feira, 01 de março, durante a reunião da Câmara Municipal, disse que o Fundo de Participação dos Municípios (FPM) está bloqueado em Itanhém. O fundo é a mais importante fonte de recursos de municípios pequenos.

De acordo com o gestor, o bloqueio do FPM se deu por débito deixado pela gestão passada junto ao INSS (Instituto Nacional do Seguro Social).

“O FPM está bloqueado devido a falha de informações contábeis, aí fica difícil a gente ter acesso às certidões e estamos com pendências de recursos e de obras para chegar pra gente devido a certidão do INSS”, explicou Mildson.

Para ter acesso ao Fundo de Participação dos Municípios, o prefeito foi obrigado a negociar a dívida deixada pela sua antecessora.

“Fizemos a negociação ontem [domingo], 836 mil reais da gestão passada, [referente aos meses de] janeiro, fevereiro, março e abril, parcelei, pagamos hoje a primeira parcela”, disse.

Mildson Medeiros disse ainda que o décimo terceiro salário dos servidores não foi pago no mês de dezembro e que a gestão dele já pagou R$ 1 milhão e 122 mil de débitos da gestão anterior, referente ao ano passado.

“Estamos pagando porque a gente precisa administrar”, justificou. “Os senhores [vereadores] sabem que a administração tem o prazo até março para fazer as prestações de contas e não entendo porque no Tribunal [de Contas dos Municípios] a gente não encontra nenhum documento de Itanhém referente a setembro, outubro, novembro e dezembro [de 2020]”, questionou.

Para não ser conivente com as atitudes da gestão anterior, Mildson Medeiros garantiu aos vereadores que vai entrar com representação na Justiça.

“O município precisa voltar para os trilhos e, se não entrarmos [com a ação judicial] estaremos sendo coniventes com a administração passada”, finalizou.

Fonte: Água Preta News

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui