Itamaraju promove primeira audiência pública sobre o trabalho infantil

Diversas autoridades compuseram a mesa. Fotos Ascom

A gestão municipal de Itamaraju, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social, realizou a primeira Audiência Pública Sobre o Trabalho Infantil, que busca fortalecer a rede intersetorial, para combater o alto número de casos de trabalho infantil no município.

Autoridades estiveram reunidas na formação da mesa representativa, na instância social, dentre elas, o prefeito Marcelo Angênica, o vice “Téa Pires”, secretárias de Desenvolvimento Social e Educação,  Fabiana Angênica e Juciara Pereira, o juiz do Trabalho Dr. Antônio, o secretário de Administração Léo Oss, também o secretário de Governo Dalvadisio Lima, a procuradora do Ministério Público do Trabalho Geisekelly Santana, capitão Sidney Oliveira, representante da 43ª CIPM, Lucimaria, presidente do CMDS, Ailton Correia do Conselho tutelar, o procurador municipal Elton Moitinho, a Grasiela Santana (técnica estadual do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil) e Paulinelli Santhiago, técnico responsável pelo PETI municipal, o pediatra municipal Afonso Assis e outras.

Índices e normas legais foram apresentados por alguns representantes, como preocupação em reduzir o número de crianças e adolescentes, que enquadram ao perfil de trabalho infantil.

A palestrante Grasiela Santana alertou a população presente sobre a importância em participar das discussões, contribuindo com as identificações e pactuação da rede que  garantirá avanços no combate.

Paulinelli Santhiago, que está à frente do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI) no município, apresentou as atividades e rotinas realizadas pela equipe ao longo do ano. Também trouxe a público o planejamento e metas a serem alcanças no próximo ano.

O público presente abraçou a causa e parabenizou a iniciativa dos órgãos envolvidos na rede, composta com instituições das esferas municipais, estaduais e federais, e ressaltou a importância do combate ao trabalho infantil.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui