Itabuna: legistas voltam, mas impasse continua

Foto: Bahia Notícias
O imbróglio que envolve os dois departamentos de Polícia Técnica do sul da Bahia, nas cidades vizinhas de Itabuna e Ilhéus, continua, embora os profissionais itabunenses tenham resolvido voltar às atividades plenas. O impasse criado desde o dia 7 de dezembro, quando legistas ilheenses se recusaram a realizar necropsias no DPT de Itabuna, evoluiu para uma crise no dia 2 de janeiro, quando, em protesto, seus colegas vizinhos também decidiram não mais realizar serviços que não fossem dos 16 municípios que a 6ª Coorpin (Itabuna) abrange. Tudo isso começou quando a sala de necropsia do DPT de Ilhéus foi fechada pelas péssimas condições em agosto de 2007. As autoridades anunciaram que até março deste ano ela será reaberta. Enquanto isso, o movimento do Sindicato dos Peritos Médicos e Odontólogos da Bahia (Sindimoba) informou que os trabalhos retornarão até o dia 20 de janeiro, data limite, quando esperam que o impasse esteja resolvido. Eles exigem que os colegas de Ilhéus assumam 12 plantões mensais e que, no máximo em oito dias, seja agendada uma reunião entre a diretoria geral do DPT e o sindicato.

Fonte: Bahia Noticias

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui