Itabuna: Devido a risco de desabamento, 350 alunos são transferidos de escola

Parte da laje da Escola Lúcia Oliveira já desabou; equipe técnica constatou risco em funcionamento regular da unidade

Trezentos e cinquenta alunos de uma escola municipal de Itabuna terão de ser encaminhados a outras instituições de ensino devido ao risco de desabamento do prédio em que a unidade está instalada. De acordo com informações da prefeitura do município, localizado a cerca de 441 quilômetros de Salvador, parte da laje do prédio da Escola Lúcia Oliveira já desabou.

Uma vistoria da equipe técnica constatou que há risco ao funcionamento regular da unidade. “Os problemas estruturais exigem a imediata intervenção. Como o prédio é alugado, a Prefeitura está negociando com o Sindicato dos Comerciários, proprietário do imóvel, visando a reforma, cujos custos a Prefeitura vai arcar”, explicou a secretária de educação Dinalva Melo do Nascimento.

Por conta disso, a transferência dos alunos para outras unidades de educação municipal foi acertada entre professores e pais, os quais foram orientados a matricular seus filhos em escolas mais próximas às suas residências.

Os alunos que não tenham condições de ser matriculados em unidades no bairro onde moram serão transferidos para o Instituto Municipal de Educação Aziz Maron (Imeam), de acordo com a prefeitura. Ainda esta semana, a Secretaria Municipal da Educação vai publicar portaria com o reordenamento da rede municipal de ensino para melhor adequá-la às necessidades da população. Além disso, o processo também objetiva maximizar a oferta de vagas para crianças de 4 e 5 anos.

Fonte: Correio

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui