Ir para o exterior

Quem parte para o exterior em busca de novas oportunidades, nesta época de crise, quer deixar algo para traz. É claro que pode ficar, mas a necessidade de recomeçar é maior, quer evitar encontrar antigos conhecidos,p ara não mostrar a sua vergonha do desemprego, viver num lugar que não tenha olhares que não saibam demais, nem bocas que sussurrem, quer fazer tudo diferente do que fez até então. Um novo país, um novo começo, uma aventura. As palavras nos ouvidos são diferentes, ali você é um estrangeiro. Antes de sentir tristeza, olhar para o sentimento dentro de você de esperança em um futuro promissor, o céu escuro da falta de opções ficará no passado, tudo se encaminhará para um cenário melhor.
Neste novo país você não será alguém sem opções de vida.
Você só tem o tempo de sua vida, e quer o bem-estar. Aproveite enquanto é tempo. Aceitar os estrangeiros e suas circunstâncias, as imperfeições e os desafios que compõem este novo país.
Existirá o espaço entre você e sua família, mas existe a comunhão das lembranças e do amor a se renovar sempre com a tecnologia.

*João é natural de Salvador, onde reside. Engenheiro civil e de segurança do trabalho, é perito da Justiça do Trabalho e Federal. Neste espaço, nos apresenta o mundo sob sua ótica. Acompanhe semanalmente no site www.osollo.com.br.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui