Ipiaú: Prefeito responderá a inquérito criminal

A Segunda Câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Bahia aceitou denúncias oferecidas pelo Ministério Público Estadual contra o prefeito de Ipiaú. Deraldino Araújo vai responder a processo por contratação ilegal de servidores.

As irregularidades ocorreram entre janeiro e março de 2009, quando houve a contratação de 234 servidores. Para o Ministério Público, o prefeito de Ipiaú ignorou a lei municipal 1.708/2003.

Pela lei, a contratação deveria ser através de concurso público ou seleção simplificada. Deraldino Araújo também vai responder a ação por improbidade administrativa, por deixar de prestar contas da Prefeitura de Ipiaú.

 

Fonte: A Região

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui