Inscrições para mesário voluntário estão abertas via internet

Em 2020, o TRE-BA espera contar com 147 mil voluntários, que terão o desafio de realizar o pleito em meio à pandemia; inscrições e treinamento podem ser feitos pela internet

Foto: Divulgação/TRE BA

Em 2020, o Tribunal Regional Eleitoral da Bahia estima ter a colaboração de cerca de 147 mil voluntários em todo o estado.

No ano em que o desafio posto aos Tribunais é realizar o pleito em meio à pandemia, o eleitoral baiano já deu início à campanha nas redes sociais, nas rádios e, em breve, na TV, sobre a importância do mesário para o processo eleitoral.

Uma das novidades deste ano, destaca a presidente da Comissão de Mesários do TRE-BA, Maria do Socorro Gouveia, é que a convocação poderá ser feita por correio eletrônico e aplicativos de mensagem.

A medida foi definida pela Resolução Administrativa nº 19/2020 e determina que cada zona eleitoral envie a convocação de forma online. O eleitor deverá seguir as instruções para confirmar o recebimento da mensagem em até cinco dias corridos.

Integrante do Grupo Nacional de Mesários, Socorro informa que outra medida, ainda em estudo, avalia a possibilidade de que o treinamento de mesários seja realizado somente à distância, o que evitaria o contato pessoal.

“Tudo o que puder ser feito para garantir a segurança desses colaboradores da Justiça Eleitoral está sendo pensado”, diz a servidora.

O uso de equipamentos de segurança no dia de votação também faz parte dessas ações do TRE-BA. Socorro ressalta que esse voluntariado é um ato de cidadania.

“O mesário tem uma atividade imprescindível para que as eleições aconteçam pela logística, mas também porque o mesário atua como um fiscal, garantindo que todo o processo seja legítimo, seguro e transparente”.

  • FAÇA SUA INSCRIÇÃO PARA SER MESÁRIO VOLUNTÁRIO

Direitos do mesário

O mesário é um eleitor ou eleitora que compõe as mesas receptoras de votação e de justificação durante as eleições. A pessoa pode se inscrever voluntariamente para prestar o serviço.

Quem atua como mesário tem direito a dois dias de folga, no serviço público ou privado, para cada dia de convocação (o dia do treinamento, mesmo via internet, conta como dia trabalhado).

Em alguns editais, a colaboração com a Justiça Eleitoral pode ser critério de desempate em concursos públicos.

Da mesma forma, estudantes universitários podem utilizar as horas de serviço como mesário como complemento de carga horária em instituições de ensino superior conveniadas ao TRE-BA.

Para ser mesário, é preciso ter 18 anos ou mais e estar em dia com a Justiça Eleitoral. Candidatos, cônjuges e parentes (até segundo grau) não podem atuar como mesários.

O serviço também é vedado a membros de diretórios de partidos políticos e agentes policiais. Interessados podem se inscrever no site do TRE-BA.

Fonte: TRE-BA

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui