Ilhéus/Itabuna: Ivo Lopes, um pernambucano/carioca na Casacor

O chef Ivo Lopes, uma presença marcante na Casacor
Viver entre os sabores da mesa, não importa se raviólis, carpaccios, steaks, bruschetas, grelhados, queijos, entrecots, medalhões, cassoulets, ou outras variações, este é o ambiente de Ivo Lopes. Nascido em Pernambuco, criado no Rio e com passagens por São Paulo, o chef de cuisine atualmente vive no Paraná, onde é um dos três sócios do La Varenne , um restaurante em Curitiba cujo nome homenageia o chef francês François Pierre de La Varenne, que cozinhou para o rei Luis XIV e foi autor do livro Le Cousinier François, ainda hoje referência dos cozinheiros, mais de 300 anos depois.

Ivo Lopes estará presente na Casacor Bahia Edição Ilhéus-Itabuna, que pela primeira vez acontece no Sul da Bahia, no Clube Cidadelle, no km 24 da rodovia Jorge Amado, entre os dias 30 de outubro e 30 de novembro. Neste sábado, 1º de novembro, Lopes dará uma aula show, a partir das 19 horas, na cozinha especialmente montada para o evento e que também receberá chefs regionais durante todo o mês para mostrar a arte culinária. Na estréia da Casacor a aula show foi com o chef Aurelien Roche, do Empório Bahia.

História

O chef (na área desde os 16 anos), depois de passagem pelo Locanda de La Mimosa, do mestre italiano Danio Braga, consolidou sua ótima reputação no Due Cuochi. Os amantes da gastronomia afirmam que a cozinha de Ivo Lopes é equilibrada e marcada por sabores diferenciados. Em Curitiba, o chef já atuou no Terra Madre e retornou à cidade para comandar o La Varenne, onde se associou a um advogado e um empresário, com o compromisso de oferecer os melhores ingredientes, sejam locais ou trazidos de fora. Um especialista da área disse na abertura do La Varenne que “aquela inauguração, pela presença de Ivo Lopes, pode ser registrada, sem qualquer dúvida, como um dos mais importantes registros da área gastronômica em Curitiba nos últimos anos”.

E para homenageá-lo, quando de eventual passagem por Curitiba não deixe de agendar uma visita ao La Varenne, e pode pedir, dentre outras coisas um Javali assado com purê de mandioca ao molho de conhaque e especiarias, não sem antes provar (e aprovar) entradas surpreendentes como um Ravióli de bacalhau gadus morhua com gema de ovo caipira e um Cassoulet de frutos do mar ao perfume de capim-limão. Como sugestão vá ao grand finale, com Quarteto Cuore di Cacao, na sobremesa.

Festival Gourmet

Os restaurantes participantes acordaram em praticar preços promocionais e iguais no período para recepcionar os visitantes em seus próprios ambientes: o almoço será R$39,90 e o jantar R$42,90. Cada chef dará também uma aula-show no restaurante montado na Casacor, a exemplo de Ivo Lopes. Participam diretamente do evento: Cancha do Gaúcho, Empório Bahia, Maria Machadão, Maróstica, Palace Bistrô e Tarik Gourmet.

 

 

 

Fonte: Ramiro Aquino/Ascom da Cidadelle

 

 

 

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui